A Sorocaba Refrescos contratou a Average para implantar o Fluig. Foto: Divulgação.

A Sorocaba Refrescos, fabricante e distribuidora regional da Coca-Cola no Brasil, contratou a Average para implantar o Fluig, plataforma de transformação digital da Totvs, ao buscar uma tecnologia que tivesse facilidade de integração com seu ERP e demais sistemas.

Com atuação em 60 municípios do interior do estado de São Paulo, a Sorocaba Refrescos detectou a necessidade de uma tecnologia que contribuísse para a organização dos processos e integração das informações de todos os envolvidos com a companhia, como acionistas, consumidores, colaboradores e fornecedores.

A empresa tem uma média de 150 cadastros semanais, entre clientes e materiais, que se tornaram o ponto de partida para mudança de toda a operação. Os dados eram distribuídos entre um sistema de mercado e outros legados, além da rotina de cadastro manual e faseada, passando por cerca de 40 telas para cada item ser concluído.

Os processos da empresa também não eram rastreados, então não era possível saber em qual setor estava parado o cadastro. Com esse cenário, todo fluxo demorava de 10 a 15 dias para ser finalizado.

“O Fluig é um projeto contínuo, pois acompanha diversos alicerces e necessidades da empresa. Todas as áreas da Sorocaba Refrescos necessitavam de processos integrados, automatizados com rastreabilidade e mobilidade. A ferramenta permitiu tudo isso, além do uso em diversas áreas da companhia, do RH ao comercial e marketing”, afirma Gerson Agostinho, gestor de TI da Sorocaba Refrescos.

A implantação levou 6 meses e envolveu funcionários de diferentes áreas e apenas dois desenvolvedores. O objetivo era centralizar todo o cadastro em uma única tela, por meio da plataforma, permitindo que sete áreas diferentes trabalhassem no mesmo campo em paralelo. Também foi incrementado um sistema de notificações, que alerta um superior, caso o registro da área atrase.

Com o sistema, a empresa registrou ganho de tempo com a possibilidade de movimentar os dados em blocos para o cadastro de materiais. Agora, 15 materiais são movimentados por vez, agilizando o dia a dia da empresa, já que antes só conseguia realizar um por um. 

Já no cadastro de clientes houve uma redução de 10 dias na inclusão no sistema. 

“Criar uma camada web sobre um sistema core e construir sobre ele suas regras de negócio e processos mais simples e ágeis é o novo momento dos departamentos de TI das empresas. Para navegar bem na jornada de Transformação Digital, as empresas devem aderir aos modelos ágeis de gestão e inovação, para isso elas podem contar com Fluig”, comenta Mario Almeida, head de fluig, Analytics & Consulting da Totvs.