UFS firma acordo de inovação com Cisco. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Cisco e a Universidade Federal de Sergipe (UFS) anunciam o avanço de parceria estratégica, visando o desenvolvimento de ações na área de saúde.

Além disso, a iniciativa prevê atividades de pesquisa destinadas à inovação nas áreas de Saúde, Educação, Óleo & Gás. O acordo é uma extensão da parceria iniciada com um projeto-piloto de Telemedicina realizado pela universidade e pela fabricante em 2014.

O acordo prevê atividades de ensino, pesquisa e extensão, com mensuração e divulgação comum dos resultados, aproveitando a estrutura do projeto-piloto de Telemedicina e do Centro de Inovação IoE Cisco Rio de Janeiro (COI).

A iniciativa de Telemedicina combinou ferramentas de colaboração da Cisco, como Show and Share, WebEx e Jabber, sendo usado pela UFS no atendimento especializado à distância para crianças da zona rural de Sergipe - nas clínicas de Saúde da Família das cidades de Lagarto e Tobias Barreto -, e na educação continuada de profissionais.

Com o novo convênio de cooperação técnica, as duas entidades trabalharão em conjunto para escalar o impacto da colaboração e da infraestrutura já existente no fomento à inovação nas áreas de educação e de óleo & gás.

Dentre as atividades previstas em educação, por exemplo, estão programas de aprimoramento de professores da UFS no uso de Tecnologia no ambiente educacional, workshops para o planejamento e desenvolvimento de soluções alinhadas ao Plano Diretor de Tecnologia de Educação, além de assistência metodológica.

Já na área de óleo & gás, os pesquisadores da universidade federal terão acesso aos projetos pioneiros desenvolvidos pela Cisco e a oportunidade de colaborar em projetos inovadores.

Na área da Saúde, as ações deverão ser intensificadas, com o objetivo de melhorar o entendimento das necessidades de Telemedicina numa perspectiva nacional, estimulando o diálogo, o financiamento e a adoção de novos processos.

"Assim, se a Cisco desenvolver um novo equipamento, ele poderá ser utilizado em nossos espaços e servir de base de aprendizado para a formação de nossos alunos", afirmou Mário Adriano dos Santos, diretor geral do campus da UFS no município de Lagarto/SE.

A cooperação técnica inclui ainda o intercâmbio de experiências do Centro de Práticas em Medicina da UFS, a participação remota de profissionais em eventos e um laboratório de testes na universidade, com o ensino prático e simulações para estudantes (como cirurgias e procedimentos).