Marc Lautenbach. Foto: divulgação.

A Pitney Bowes, multinacional de produtos e serviços de TI, anunciou nesta quarta-feira a compra da Borderfree, companhia norte-americana especializada em soluções de e-commerce.

Com a aquisição avaliada em cerca de US$ 395 milhões, a empresa pretende usar as aplicações de comércio eletrônico transfronteiriço da Borderfree para expandir a plataforma já existente na Pitney Bowes.

A Borderfree fornece soluções de comércio eletrônico transfronteiriço por meio de plataforma proprietária de tecnologia e serviços, que permite aos varejistas de qualquer país realizarem transações com os consumidores ao redor do mundo.

Seus clientes incluem varejistas, lojas de departamentos e marcas de vestuário que vendem uma variedade de bens físicos online. A Borderfree gerou US $ 125 milhões em receita em 2014 e tem 253 funcionários na matriz, em New York, além dos escritórios em Israel, Irlanda e Reino Unido.

De acordo com Marc Lautenbach, CEO da Pitney Bowes, a compra acelera a visão estratégica da companhia para crescer por meio da expansão de negócios de comércio digital.

"A combinação das capacidades da Borderfree com nossas próprias soluções expande nosso portfólio de ofertas e estende o nosso alcance global. Juntos, temos uma oportunidade significativa para ajudar nossos clientes a expandir e crescer, fornecendo uma gama completa de soluções de comércio eletrônico complementares", avaliou.

Globalmente, a Pitney Bowes conta com mais de 16 mil colaboradores. Em 2013, a receita da empresa foi de US$ 3,8 bilhões, uma redução em relação aos US$ 3,9 bilhões atingidos em 2012 e US$ 4,1 bilhões de 2011.