SEGURANÇA

Natura expõe dados de 250 mil clientes

20/05/2020 08:51

Safety Detectives descobriu vulnerabilidades e avisou a empresa de cosméticos.

Vazamento no site da Natura da empresa foi de 192 milhões de registros. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Safety Detectives, site global de análise de antivírus que possui um laboratório de estudos em segurança digital, descobriu um vazamento de 192 milhões de registros no site da Natura, incluindo vários itens de informações pessoais de mais 250 mil clientes.

As brechas estavam em dois servidores hospedados na Amazon com 272 GB e 1,3 TB, localizados nos Estados Unidos.

Segundo os dados divulgados pelo site Safety Detectives, 90% dos clientes expostos são brasileiros, além de usuários de outras nacionalidades, incluindo o Peru.

As informações de pagamento de 40 mil clientes relacionados à Wirecard, terceirizada da empresa de cosméticos, também ficaram disponíveis ao público por mais de duas semanas. 

De acordo com os logs do servidor, o tamanho da violação de dados variou ao longo de vários dias. O relatório completo pode ser visualizado no site do Safety Detectives.

Embora o vazamento de dados tenha sido descoberto pela primeira vez em 12 de abril, a empresa de segurança confirmou que centenas de gigabytes de informações estavam disponíveis desde o 26 de março de 2020. 

Após a descoberta, a Natura foi imediatamente contatada e o relatório foi publicado depois que a varejista corrigiu a brecha. 

A companhia de cosméticos foi procurada pelo site brasileiro Security Report. 

“Em relação ao relatório da empresa Safety Detectives, a Natura esclarece que detectou um ambiente vulnerável em um servidor de teste, que não faz parte de seus sistemas produtivos da companhia. O ambiente foi eliminado imediatamente após ser identificado, sem risco de exposição de dados”, afirmou a empresa em comunicado.

A Natura destacou, ainda, que realiza atualizações frequentes em seus sistemas e tem redobrado o cuidado com a segurança da informação

“Falhas de segurança detectadas pela companhia ou por parceiros são submetidas a análise técnica criteriosa. Caso a apuração indique potencial risco a consultoras e consumidores, eles são comunicados imediatamente sobre o ocorrido”, garantiu a Natura ao Security Report.

A Natura possui mais de 40 mil funcionários e gera cerca de US$ 10 bilhões em receita a cada ano. 

Com receitas de vendas geradas em mais de 73 países em todos os continentes, a controladora também é proprietária da Natura Cosméticos, Aesop, The Body Shop e Avon.

Veja também

FUTURO
A segurança digital como aliada na retomada

O coronavírus é também um risco digital e parte da solução é gerar confiança.

SEGURANÇA
Hackers dizem ter dados de 200 mil militares

Site TechMundo conferiu o vazamento, que contém todo tipo de dados sensíveis.

CRM
Solutis cria área focada em Salesforce

Nova frente será liderada por Ellen Cipulo, ex-EY. Mercado Salesforce está quente.

RESPOSTAS
SISPRO é parceira no Ideathon Covid-19

Maratona de geração de ideias online criativas e inovadoras para lidar com o Covid-19.

ATAQUES
Coronavírus aumenta risco de segurança de TI

71% dos profissionais relatam aumento de ameaças como phishing e malware.

COOPERAÇÃO
CompTIA cria conselho de cibersegurança

Grupo é liderado por Fernando Silva, VP da Tempest Security Intelligence.

GESTÃO
O fim da era da Segurança da Informação ou início da era dos Riscos de Negócio?

A segurança da informação subiu da pauta do CISO e do CIO, passando o risco cibernético a ser pauta prioritária das empresas.

BOMBANDO
Linkedin: segurança e Salesforce em alta

Rede social lançou lista de 15 profissões em alta para 2020 no Brasil. 

VAZAMENTO
Unimed expõe dados de pacientes

Falhas em banco de dados possibilitam acesso a fichas cadastrais completas de pacientes.

SEGURANÇA
Vivo admite vazamento de dados

Segundo os pesquisadores do WhiteHat Brasil, a falha pode afetar dados de pelo menos 24 milhões de clientes.