BI

Algar Telecom analisa dados com Tibco

20/05/2022 12:58

A empresa resolveu centralizar o processo de analytics em uma única ferramenta.

Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Algar Telecom, empresa de TI e Telecom do grupo Algar, adotou a solução da Tibco, americana do segmento de Business Intelligence e integração de sistemas, para centralizar o seu processo de analytics em uma só ferramenta.

Até então, a companhia tinha diferentes plataformas de analytics e de relatórios em cada departamento. Com isso, cada setor poderia calcular o "mesmo" indicador de performance (KPI, na sigla em inglês) de maneiras diferentes, usando dados ou métodos de cálculo distintos.

Esse cenário levou ao aumento dos custos e à diminuição da produtividade. Sem uma única fonte para analytics e insights em toda a empresa, era difícil fornecer dados a outros departamentos para tomar decisões baseadas em dados.

A partir desse cenário, a Algar percebeu que precisava de um processo de BI forte e centralizado para permitir uma comunicação clara entre os stakeholders e capacitar os colaboradores a tomar melhores decisões.

Para isso, começou a planejar um centro de excelência de dados para aplicar análises visuais e escolheu o software Tibco Spotfire, que fornece suporte para geoanálise e exploração visual. 

Agora os usuários de negócio em cada departamento interagem, colaboram e capturam os dados na ferramenta unificada para tomar decisões.

"O Centro de Excelência em Analytics da Algar está revolucionando a forma de fazer negócios. Superamos nossos benchmarks de maturidade e aumentamos os recursos de analytics em toda a empresa”, afirma Wendel de Melo Vicente, diretor de tecnologia e redes da Algar.

Com a implantação, a companhia afirma que está tomando decisões mais eficazes sobre capacidade, uso e demanda de recursos, aumentando a qualidade do serviço, reduzindo o churn e otimizando os principais investimentos, incluindo infraestrutura de rede.

Através de análises geo-referenciadas, a empresa passou a entender onde investir em infraestrutura de rede para garantir que os clientes estejam conectados. 

Além disso, a Algar destaca uma análise mais fácil do comportamento do cliente, o que ajuda a projetar e oferecer produtos e serviços mais personalizados e customizados. A plataforma também fornece análises sobre iniciativas de marketing e segmentação de público.

Para o futuro, a companhia planeja normalizar mais dados para aumentar ainda mais o poder de sua plataforma de analytics por meio da solução de virtualização de dados da Tibco.

A Tibco foi fundada em 1997 com foco em distribuição de informação sobre o mercado financeiro. Em 2014, foi comprada por um fundo por US$ 4,3 bilhões e, a partir disso, fez uma série de compras, incluindo empresas com soluções de ciência de dados e tecnologia de processamento de dados em memória.

A companhia tem uma presença discreta no Brasil em termos de divulgação de clientes, mas, de acordo com o Linkedin, tem cerca de 50 funcionários na operação brasileira.

Com 68 anos de mercado, a Algar Telecom oferece internet por fibra óptica, celular, serviços de voz, dados, e TI, incluindo serviços de cloud e de segurança de redes, além de sistemas de gestão para pequenas empresas.

No total, são 1,3 milhão de clientes corporativos (B2B) e do varejo (B2C) com mais de 112 mil km de fibra óptica em 372 cidades de 16 estados e do Distrito Federal.  São mais de 4,5 mil colaboradores, sendo 1,4 mil da força de vendas.

Veja também

ENGENHARIA
Silva, ex-CWI, entra para o Grupo eSales

Profissional assume transformação digital e engenharia de software.

EXPANSÃO
A3Data chega a Recife

A mineira de data analytics e inteligência artificial se instalou no Porto Digital.

CIBERSEGURANÇA
Fellipe Canale não está mais na Forcepoint

Executivo era country manager da empresa há dois anos.

LAB
PwC busca startups

Programa de aceleração foi lançado em parceria com a Liga Ventures.

IoT
Syos recebe aporte de R$ 12 milhões

Investimento é o quinto feito pelo fundo Indicator Capital.

RESULTADOS
Elifegroup fatura R$ 102 mi, alta de 57%

Crescimento foi liderado pela Buzzmonitor, plataforma que se tornou uma empresa independente.