Oi quer fazer outsourcing. Foto: flickr.com/photos/orebokech

A Oi anunciou nesta quarta-feira, 20, o lançamento do Oi Gestão, buscando se posicionar como uma prestadora de outsourcing de telecomunicações e TI,  inicialmente focado em mobilidade e redes WAN.

Foram investidos R$ 20 milhões na iniciativa.

O Oi Gestão Mobilidade foca smartphones e tablets e é resultado de uma parceria com a Juniper Networks, empresa de TI e fabricante de produtos de rede, e a Navita, empresa paulista especializada em soluções para mobilidade.

A solução permite que os dispositivos sejam bloqueados, localizados ou tenham seus dados apagados remotamente. As empresas podem também impedir o acesso a sites ou o download de conteúdos não autorizados.

Já o Oi Gestão WAN (Wide Area Network) contempla o gerenciamento da infraestrutura de comunicação de dados do cliente, incluindo a gestão de disponibilidade, capacidade, SLM e performance das aplicações que trafegam na rede, garantindo a continuidade do negócio e maximizando os resultados.

Essa segunda oferta tem o suporte das ferramentas de gerenciamento de infraestrutura da CA Technologies, empresa de software e soluções de administração de TI.

“Fomos a primeira operadora de telecom no país a lançar o serviço de cloud computing e somos novamente a primeira operadora a posicionar nossa oferta de gestão de serviços como produto”, afirma Ronaldo Motta, diretor de Marketing da Unidade de Negócios Corporativo da Oi.

Motta destaca que parte dos objetivos é obter a certificação de gerenciamento de serviços de TI ISO 20000 em 2013.

O serviços de computação em nuvem mencionados pelo executivo foram batizados de Smart Cloud e foram lançadas em fevereiro.

Foram investidos na novidade R$ 30 milhões em equipamentos IBM, Datacom, Panduit e Juniper.