Eduardo Meirelles. Foto: divulgação.

Prevenir é melhor do que remediar. Para a 3T Systems, fornecedora de sistemas de monitoramento para carros e frotas, a velha máxima resume seu novo produto, o 3T Visão, um software que avalia o comportamento do motorista ao volante.

Embarcado no equipamento de monitoramento GPS vendido pela empresa, o serviço compila dados de conduta do motorista, como manobras, freadas, acelerações, curvas e tempo de permanência nas faixas, com atualizacões a cada 1/4 de segundo.

Já disponível, o equipamento custa R$ 2,5 mil, mais cerca de R$ 90 mensais pelo uso dos sistemas. Sem o uso de sensores externos, a solução custa mais barato que soluções de telemetria e oferece dados em tempo real, diferentemente dos antiquados tacógrafos.

Só para ter uma ideia, atualmente o país conta com cerca de 1,6 milhão de veículos de transporte registrados, segundo dados da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Conforme destaca Eduardo Meirelles, gerente de desenvolvimento da 3T, o sistema usa a tecnologia avançada de GPS de monitoramento como uma espécie de "Como Estou dirigindo" em tempo real, e o custo é mais atraente para veículos menores.

"Não apenas é possível ver por onde o motorista está passando, se ele está dentro da rota prevista e cumprindo horários, mas principalmente saber se ele é um motorista que dirige de forma prudente", explica.

Com os dados levantados pelo software, os frotistas podem fazer rankings de conduta entre os motoristas da empresa, apontando boas práticas dentro do próprio sistema.

ECONOMIA NA DIREÇÃO

Para o executivo, os dados, além de prevenir possíveis acidentes e prejuízos em casos de má conduta, também apontam outros indícios que podem se traduzir em economia para os frotistas.

"Um motorista mais cuidadoso, que não cria picos de aceleração e frenagem, assim como poucas trocas de marcha, pode trazer menos custos na manutenção do veículo", explica.

Um exemplo dado por Meirelles é o da Seqtra, empresa de logística de Contagem (MG), com cerca de 60 veículos. Ela abordou uma política de boas práticas entre seus motoristas, testando a solução da 3T, e teve redução de custos com diesel (14%) e pneus (18%).

PERFORMANCE

No mercado há sete anos, a 3T Systems, sediada em São Paulo, oferta soluções de rastreamento, monitoramento de cargas e de gestão logística para veículos. No entanto, de acordo com Meirelles, o perfil da empresa está mudando.

Segundo o executivo, números levantados pela empresa mostram que a maior parte das perdas de carga vem de acidentes. Para cada prejuízo por roubo, existem oito por tombamento.

"Mais do que soluções de vigilância, o mercado de monitoramento veicular está migrando para um foco em performance e controle logístico para a prevenção de acidentes", explica.