Todo mundo adora um ranking. Foto: flickr.com/photos/nachtnebe

A TI se destacou na 17ª edição do rankings Melhores Empresas para Trabalhar, do GPTW Brasil em parceria com a Revista Época, figurando com 21 empresas, sendo duas delas em topo de  lista: o Google na categoria “Médias e Pequenas Multinacionais” e a paulista Acesso Digital na “Médias e Pequenas Nacionais”.

Ambas as categorias compreendem empresas entre 100 e 999 funcionários, diferenciando-se pela extensão de cobertura geográfica.

Na categoria “Médias e Pequenas Multinacionais” estão listados ainda SAS (3ª colocada), Microsoft (5ª colocada) e Cisco (9ª colocada).

A lista vai até a vigésima posição, citando depois as premiadas por ordem alfabética. Por esse critério, estão na classificação EMC, SAP Labs Latin America, Symantec do Brasil e ThoughtWorks.

Para “Médias e Pequenas Nacionais”, além da líder Acesso Digital, está na lista também a Dextra (8ª colocada). Entre as premiadas em ordem alfabética participam Elo Group,  Ibyte, Ilegra e Touch Tecnologia.

A Telefônica Vivo figurou em 13º lugar na categoria “Grandes”, que reúne 70 empresas com mais de 1 mil funcionários. A Dell vem logo depois, em 14º. Foram citdas também CI&T, GVT,  Intelbras,  Mondelez Brasil, Navistar Oracle, Serasa Experian e Teleperformance.

Além dos rankings principais, que podem ser conferidos na íntegra abaixo, foram feitos ainda listagens temáticas.

Melhores do setor de Serviços
O líder do sub-ranking é o Google, seguido da Elektro, Acesso Digital, Laboratório Sabin, Radix, Ticket Serviços, Accor, SAS, Duke Energy, Renaissance do Brasil Hotelaria, Consórcio Luiza, Losango Promoções de Vendas, Telefônica Vivo, Dextra, SJ Administradora de Imóveis, Dell, Banco Bradesco, ABA, Cisco e Touch Tecnologia.

Melhores do setor de Indústria
A líder do sub-ranking é a Kimberly-Clark Brasil, seguida dA Caterpillar, Zanzini Móveis, JOST Brasil, Pormade Portas, SAMA SA, Microsoft, Embraer, MAN Latin America, Monsanto, Diageo, Whirpool Latin America, Novartis, Moinho Globo Alimentos, Rota do Mar, Alcoa, Coca-Cola Recofarma, Ourofino Agronegócio, Construtora Saraiva de Rezende e Ace Schmersal.

As empresas que mais cresceram
Quantidade de vagas abertas em % do total de funcionários (2012)

A líder no sub-ranking é a Elo Group (52,3%) seguida por Beach Park (38%); Radix (30,8%); ThoughtWorks (29,4%); Ibyte (26,6%); Google (26,5%); Symantec do Brasil (23,9%); Ourofino Agronegócio (23,3%); Teleperformance (22,6%); Dudalina (20,8%); Mary Kay (20,5%); Touch Tecnologia (19,4%); Guarida Imóveis (19,2%); Pormade Portas (18,8%); Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre (18,2%); Leroy Merlin (17,8%); Consórcio Nacional Embracom (17,7%), Dextra (16,5%); SCJohnson (16,3%); e Algar Telecom (15,8%).

As que treinam melhor
As 20 campeãs em % de funcionários que se disseram satisfeitos com os treinamentos.

A liderança do sub-ranking é da Construtora Saraiva de Rezende seguida por Rota do Mar, Pormade Portas, Consórcio Luiza, Elektro, Google, Renaissance do Brasil, SAMA, Guarida Imóveis, Moinho Globo Alimentos, Gazin, Acripel Farma, Mercadinhos São Luiz, Visagio, Jost Brasil, H. Strattner, Microsoft, Zema, Laboratório Sabin e McDonald´s Brasil.

As empresas mais procuradas
De acordo com o total de currículos pleiteando vagas (2012)

A liderança desse sub-ranking é da Atento Brasil (480 mil) seguida por Banco Bradesco (405.940); Itaú Unibanco (335.621); Gazin (200 mil); Teleperformance (166.970); Grupo Rio Quente (155 mil);  Whirlpool Latin America (120 mil); Unimed Rio de Janeiro (120 mil); McDonald´s (106.712); P&G (80.015); Magazine Luiza (73.329); Telefônica Vivo (65.128); Google (61.521); Mondelez Brasil (60.436); 3M do Brasil (58.726); Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre (56.680); Ecorodovias (54 mil); Acripel Farma (53 mil); Sistema FIESC (51.665); e Caterpillar (51.156).

As empresas que contratam mais
Por número absoluto de funcionários admitidos no ano passado

A líder do sub-ranking é a Atento Brasil (79.641) seguida por McDonald´s Brasil (42.843); Teleperformance (23.153); Magazine Luiza (8.707); Itaú Unibanco (8.029); Rede Angeloni (7.407); Ambev (7.342); GVT (7.218); Banco Bradesco (5.709); Mondelez Brasil (5.405); Sistema FIESC (4.470); Whirlpool Latin America (4.296); Telefônica Vivo (4.158); Accor (3.491); Consórcio Nacional Embracon (3.179); Leroy Merlin (2.643); Gazin (2.528); Zema (2.180); Beach Park (1.970); e Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre (1.944).

As melhores em qualidade de vida
As 20 campeãs com a melhor avaliação dos funcionários

A líder desse sub-ranking é a Rota do Mar seguida por Elektro, SAMA, Elo Group, Dextra, Construtora Saraiva de Rezende, Consórcio Luiza, Pormade Portas, Ilegra, Touch Tecnologia, Acesso Digital, Jost Brasil, SAS, Radix, Sydle, Fortbrasil, Gazin, Acripel Farma, Sicoob Metropolitano e Grupo SinAgro.

As que mais promoveram
Em % de promoções em relação ao total de funcionários

A líder nesse sub-ranking é a Ambev (68,9%) seguida por Visagio (51,2%); Zanzini Móveis (47,4%); Teleperformance (40,3%); Alcoa (38,4%); Radix (37,3%); Ci&T (36,3%); Tortuga (32,4%); Banco Bradesco (31,5%); Consórcio Luiza (31,4%); Construtora Saraiva de Rezende (31,3%); Touch Tecnologia (29%); Grupo Saga (28,9%); CoBAP (27,7%); Grupo SinAgro (27,5%); McDonald´s do Brasil (27,1%); Mary Kay (27,1%); Microsoft (26,8%); John Deere Brasil (26,1%); e Ilegra (25,2%).

As empresas com mais jovens
As 20 campeãs em % de funcionários com até 25 anos de idade

A líder desse sub-ranking é o McDonald´s Brasil com 87,1% dos funcionários com até 25 anos. A empresa é seguida por Touch Tecnologia (52,4%); Dextra (52,1%); Visagio (51,6%); Elo Group (49,7%); Atento Brasil (49,4%); Ilegra (48%); Portal Educação (46,2%); Rota do Mar (44,7%); Beach Parque (44,1%); Mercadinhos São Luiz (43,7%); Radix (43,1%); Teleperformance (43%); SJ Administradora de Imóveis (42,5%); Dudalina (39,9%); Sicoob Metropolitano (39,1%); Rede Angeloni (39,1%); Gazin (37,9%); Zema (37,8%); e Lojas MM Mercadomóveis (37,4%).

As empresas com maior escolaridade
As campeãs em profissionais com grau universitário ou acima em % do total de funcionários

O líder desse sub-ranking é o Google (99,4%) seguido por Genzyme (97,9%); Oracle (96,3%); EMC Computer Systems do Brasil (92,74%); Cisco (92,70%); Microsoft (91,3%); Noyno Nordisk Farmacêutica do Brasil (87,7%); MAN Latin America (85,5%); Roche Diagnóstica Brasil (84,9%); Ci&T (84,7%); Diageo (82,3%); SAS (81,7%); Zambom (80,3%); Dextra (80,2%); RSA Seguros (79,4%); ThoughtWorks (78,6%); Sydle (78,3%); Boehringer Ingelheim (77,2%); Symantec do Brasil (76,9%); e Duke Energy (75,6%).

Mais mulheres
A edição 2013 apontou um aumento na participação das mulheres nos postos de trabalho das Melhores Empresas para Trabalhar – GPTW Brasil – elas agora representam metade do total de colaboradores das Melhores, um aumento de 25 pontos percentuais em relação a 1997, ano em que a participação feminina era de 25%.

 A pesquisa mostrou um aumento, também, da participação feminina entre os gestores. Na edição 2013 das Melhores Empresas para Trabalhar GPTW Brasil, as mulheres ocupam 41% dos cargos de gestão; em 1997, ocupavam apenas 11%. Em 35% das empresas premiadas, a existência de políticas específicas possibilita maior possibilidade de ascensão profissional para as mulheres.

Na presidência das Melhores há 11 mulheres no comando; enquanto a média de idade dos homens que ocupam o cargo é de 51 anos, as mulheres têm em média 55 anos. Entre as Melhores, 41% das empresas dão licença maternidade em um prazo superior aos quatro meses estipulados pela lei; nas não premiadas, apenas 22% concedem um prazo superior ao legal.

Na lista das empresas que empregam um maior número de mulheres – ranking elaborado com base na porcentagem de mulheres em relação ao total de funcionários – o líder é o Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre, com 90,2% dos postos de trabalho ocupados por mulheres.

Participação feminina em % de mulheres em relação ao total de funcionários

Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre (90,2%), Apetit Serviços de Alimentação (89,4%),  Fortbrasil (79,8%), Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos (78%), Hospital Moinhos de Vento (77,4%),  ABA (76,7%),  Atento Brasil (76,7%),  Dudalina (75,1%), Laboratório Sabin (73%)    Mary Kay (72,3%), Cultura Inglesa RJ (71%), SJ Administradora de Imóveis (70,1%), Unimed Rio de Janeiro (69,9%), Teleperformance (69%), Losango Promoção de Vendas (68,8%), Guarida Imóveis (67,8%), Sistema FIESC (65,5%),  Portal Educação (62,4%), Sicoob Metropolitano (62%),     Grupo Saga (60,9%).

Os três rankings principais

Na categoria “Grandes”, a Elektro é seguida por Kimberly-Clark (2ª colocada), Caterpillar (3ª colocada), Sabin (4ª colocada), Gazin (5ª colocada), Accor (6ª colocada), Embraer (7ª colocada), Losango (8ª colocada), Man (9ª colocada), Monsanto (10ª colocada), Magazine Luiza (11ª colocada), McDonald´s (12ª colocada), Telefônica Vivo (13ª colocada), Dell (14ª colocada), Whirlpool Latin America (15ª colocada), Banco Bradesco (16ª colocada), Novartis (17ªcolocada), Alcoa (18ª colocada), Ourofino Agronegócio (19ª colocada) e AstraZeneca (20ª colocada).  

Entre as premiadas da categoria “Grandes”, dispostas em ordem alfabética, estão 3Corações, 3M do Brasil, Algar Telecom, Allianz, Ambev, Ampla, Ancar Ivanhoe, Apetit Serviços de Alimentação, Atento Brasil, Beach Park, Cemar, Centro Universitário Una, CI&T, Coca-Cola Guararapes, Coelce, Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Consórcio Nacional Embracon, Copagaz, Cultura Inglesa, Dudalina, Grupo Ecorodovias, Grupo Rio Quente, Grupo Saga, Grupo Seg. Banco do Brasil e Mapfre, GVT, Hospital Moinhos de Vento, Intelbras, Itaú Unibanco, John Deere Brasil, Lafarge, Leroy Merlin, Lojas MM Mercadomóveis, Mars Brasil, Mercadinhos São Luiz, Mondelez Brasil, Navistar Mercosul, Oracle, P&G, Rede Angeloni, Roche Química, Serasa Experian, Sistema FIESC, Suspensys Sistemas Automotivos, Teleperformance, Tokio Marine Energia, Tortuga, Tractebel Energia, Unimed-Rio, Via Urbana e Zemna.

Na categoria “Médias e Pequenas Multinacionais”, Google é seguido por Ticket (2ª colocada), SAS (3ª colocada), Duke Energy (4ª colocada), Microsoft (5ª colocada), Renaissance São Paulo Hotel (6ª colocada), Diageo (7ª colocada), Genzyme (8ª colocada), Cisco (9ª colocada) e Coca-Cola Recofarma Manaus (10ª colocada). Entre as premiadas em ordem alfabética estão: Ace Schmersal, Boehringer Ingelheim, Chemtech, Dow Corning do Brasil, EMC Computer Systems do Brasil, Endesa Geração, FedEx Express, JBT FoodTech, JW Marriot, Mary Kay, Novo Nordisk Farmacêutica do Brasil, Novozymes, Prudential do Brasil, Roche Diagnóstica Brasil, RSA Seguros, SAP Labs Latin America, SCJohnson, Symantec do Brasil, ThoughtWorks e Zambon.

Na categoria “Médias e Pequenas Nacionais”, a Acesso Digital é seguida por Zanzini Móveis (2ª colocada), Radix (3ª colocada), Jost (4ª colocada), Pormade (5ª colocada), Sama (6ª colocada), Consórcio Luiza (7ª colocada), Dextra (8ª colocada), SJ Adm de Imóveis (9ª colocada) e SinAgro (10ª colocada). Entre as premiadas em ordem alfabética: ABA, Acripel Farma, Aquario, Ceará Diesel, Ceneged, CoBAP, Construtora Saraiva de Rezende, Elo Group, FortBrasil, Guarida Imóveis, H. Strattner, Ibyte, Ilegra, Moinho Globo Alimentos, Portal Educação, Roda do Mar, Sicoob Metropolitano, Sydle, Touch Tecnologia e Visagio.