Mario Almeida, head de fluig, Analytics & Consulting da Totvs. Foto: Divulgação.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) firmaram um acordo com a Totvs para lançar o MEI App, aplicativo sustentado pela solução Fluig Boards, para uso exclusivo dos integrantes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI). 

A solução foi criada para tornar a comunicação entre membros de conselhos administrativos e comitês empresariais mais eficaz. 

O sistema foi desenvolvido na plataforma de transformação digital da Totvs, o Fluig, e nasceu para eliminar a interação por e-mail, com pouca organização e sem rastreabilidade. 

Com o Fluig Boards, todas as agendas de reuniões, atas e documentos ficam centralizados em apenas um local, com acesso restrito. 

Além disso, o aplicativo tem como objetivo estimular o engajamento das lideranças da MEI e permitir aos participantes do grupo o envio de contribuições e o acesso antecipado aos conteúdos das reuniões. 

Com ele, é possível, armazenar todos os documentos apresentados nos encontros e também confirmar presença em eventos da MEI.

As informações da ferramenta são protegidas com criptografia. Assim, caso um conselheiro tenha o seu notebook roubado ou perdido, é possível contar com o bloqueio remoto. 

“A iniciativa foi criar uma aplicação para governança corporativa e digitalização de documentação para reuniões. O grande foco do aplicativo está baseado na evolução da transformação digital nas empresas, na segurança da informação, no amadurecimento dos negócios em relação à governança corporativa e no compliance”, afirma Mario Almeida, head de fluig, Analytics & Consulting da Totvs.

A Totvs está presente em 41 países com uma receita líquida de mais de R$ 2 bilhões. No Brasil, conta com 15 filiais, 52 franquias, 5 mil canais de distribuição e 10 centros de desenvolvimento. No exterior, conta com mais 7 filiais e 5 centros de desenvolvimento (Estados Unidos, México, China e Taiwan).