Lojas CEM aposta em comércio de rua voltado para as classes B e C. Foto: Divulgação.

A Lojas CEM, uma rede varejista sediada no interior de São Paulo com faturamento na casa dos R$ 5,3 bilhões, está migrando seu sistema de gestão desenvolvido internamente para o S/4 Hana, última versão do ERP da SAP.

A implementação deve durar um ano e meio e está sendo tocada pela parceira Essence IT, parceira da SAP que já entregou projetos em clientes do setor de varejo como Lojas Americanas e Pão de Açúcar.

Além do ERP, a Lojas CEM tem todo um roadmap preparado de implementações de tecnologia SAP, incluindo soluções de CRM e gestão da experiência do cliente apoiado no portfólio SAP CX e SAP Qualtrics, e ainda um impulso na jornada de e-commerce com as soluções de SAP Marketing Cloud. 

A Lojas CEM também cuidará da contratação, retenção e desenvolvimento dos seus mais de 11 mil funcionários com o SAP SuccessFactors. O software fiscal é o Onesource Tax One da Thomson Reuters.

“A escolha pelo S/4 Hana levou em consideração a capacidade de estruturarmos toda a nossa inteligência de sistemas em uma só aplicação e, na sequência, vamos incluir as novas aplicações. Batizado de Everest, é um movimento que inclui todas as áreas da empresa para preparar a Lojas CEM para o crescimento projetado para os próximos 20 anos”, explica Roberto Benito Junior, diretor de TI.

A CEM é uma empresa familiar, talvez a maior no setor de varejo, com 278 lojas espalhadas entre São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná, um centro de distribuição e o segundo em construção.

O modelo de negócio é tradicional, baseado em venda em prestações com carnês da própria empresa, pagos na loja. A empresa não trabalha com e-commerce e aposta em lojas de rua focada nas classes B e C.

É um modelo de negócio para o qual o fechamento das lojas pelo coronavírus representa um grande baque. Apesar disso, a CEM decidiu seguir com o investimento em tecnologia.

“Se por um lado a crise do coronavírus trouxe vários impactos no funcionamento da nossa operação, também permitiu maior dedicação do nosso time no planejamento da migração para o novo ERP da SAP e dar início ao projeto, o que para a Lojas CEM era um dos desafios estratégicos para o ano”, explica Benito.

A Essence tem 600 colaboradores, localizados na Zona Sul de São Paulo, atendendo 350 clientes ativos, em um lista que inclui Lojas Americanas S/A, Evino, Plano&Plano, Via Varejo, Brookfield e Grupo Pão de Açúcar.