A Einstein Voice é uma extensão de interpretação de voz nas capacidades de IA da plataforma. Foto: Divulgação.

A Salesforce quer levar para os escritórios a tendência dos assistentes virtuais ativados por voz, como as famosas Siri (Apple) e Alexa (Amazon).

Na quarta-feira, 19/9, a Salesforce anunciou o Einstein Voice, uma extensão de interpretação de voz nas capacidades de inteligência artificial da plataforma.

Em breve, os usuários poderão atualizar os bancos de dados do CRM ditando os memorandos para o Salesforce Einstein. O Einstein Voice Assistant interpretará as informações ouvidas, traduzirá em texto e registrará os dados no Salesforce.

"O tempo gasto na entrada de dados é uma das partes mais temidas do uso de um CRM. Mas se você tem um entendimento natural da linguagem, além do discurso transcrito, você também pode automatizar esse processo", diz Richard Socher, cientista-chefe da Salesforce.

Apesar de executivos poderiam ditar notas através de uma ferramenta de inteligência artificial tradicional, como Siri ou Alexa, Socher acredita que muitos profissionais, como banqueiros, têm restrições quanto aos dados que podem compartilhar com essas ferramentas;

O Einstein Voice Assistant também pode ser configurado para entender as gírias e o vocabulário exclusivos de uma determinada empresa. A empresa adicionar um acrônimo ou nome de um produto utilizados internamente, por exemplo.

Além do assistente de voz, a Salesforce anunciou que os clientes poderão criar seus próprios bots de voz na plataforma Einstein Bot. 

Os recursos estão em fase de piloto privado no momento, mas o assistente de voz do Einstein estará terá piloto aberto a partir de outubro. O Einstein Voice Bots chegará até junho de 2019.