A Votorantim Cimentos soma quase 12 mil empregados e obteve uma receita líquida de R$ 12,6 bilhões em 2018. Foto: Divulgação.

A Votorantim Cimentos, empresa líder do setor de materiais de construção, conta com a startup Gupy para realizar o processo de seleção do Programa de Estágio Técnico para Mulheres. 

A iniciativa tem o objetivo de ampliar a presença das mulheres atuando nas operações das fábricas da Votorantim Cimentos.

O programa vai selecionar estudantes com formação em cursos técnicos prevista para o final de 2020 para atuação nas áreas de Manutenção, Produção, Mineração, Qualidade ou Processos. 

A inscrição deve ser realizada pelo site da Gupy, startup que oferece uma solução de recrutamento com base em inteligência artificial.

Em janeiro, a empresa recebeu um investimento no valor de R$ 11,5 milhões. O novo aporte foi feito pelos fundos Valor Capital, com atuação no Brasil e EUA, e Maya Capital, liderado por Lara Lemann e Monica Saggioro.

No mercado há três anos, a Gupy atende a clientes como Ambev, Kraft Heinz, Randon, GPA e Sicredi, além de outros nomes espalhados em cinco países.

A empresa, que em 2016 foi acelerada pela Wayra, programa de inovação aberta e empreendedorismo da Telefónica, já havia recebido, em 2017, um aporte no valor de R$ 1,5 milhão do fundo de investimento Canary, liderado pelos fundadores do Peixe Urbano, M Square e Printi, e do fundo Yellow Ventures, liderado por Patrick Sigrist, fundador do iFood. 

Fundada em 1933, a Votorantim Cimentos soma quase 12 mil empregados e obteve uma receita líquida de R$ 12,6 bilhões em 2018.