A Ceitec lançou o chip CTC13002. Foto: Divulgação.

A Ceitec, empresa pública vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) lançou o chip CTC13002. O produto pode ser utilizado para controle de estoque, acompanhamento de um único item, logística, integridade do produto, segurança e precisão dos dados. 

O chip também pode ser usado para monitoramento eletrônico de itens, rastreamento do produto na linha de produção, inventário e gerenciamento de ativos, identificação de bagagens e cargas e em aplicações para o varejo. 

O produto é um chip RFID certificado no mais importante padrão para identificação eletrônica, o EPCglobal Class 1 Gen 2, e compatível com a norma ISO/IEC 18000-63. 

O CTC13002 é o primeiro circuito integrado de uma empresa do hemisfério sul a receber o certificado. Em todo o mundo, apenas outros 10 chips têm essa certificação, concedida pela GS1

“O selo EPCglobal faz com que as empresas que adquirem um produto certificado possam ter confiança nos produtos que escolheram”, explica Malcolm Bowden, President of Solutions da GS1.  

O CTC13002 também nasce com reconhecimento de “bem de informática e automação com tecnologia desenvolvida no país” e apresenta potencial de sinergia com o Processo Produtivo Básico (PPB) de etiquetas inteligentes, estabelecido pelos ministérios do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e o MCTI. 

A Ceitec atua no segmento de semicondutores desenvolvendo soluções para identificação automática (RFID e smart cards) e para aplicações específicas (ASICs). Localizada em Porto Alegre, a empresa projeta, fabrica e comercializa circuitos integrados para aplicações como identificação de animais, medicamentos, pessoas e veículos, além de autenticação, gestão de inventário, controle de ativos, entre outras.