CPFL tem R$ 10 milhões para o programa. Foto: Divulgação.

A CPFL Energia, maior grupo privado do setor elétrico brasileiro, está em busca de 12 startups com soluções com potencial de impulsionarem o setor elétrico. 

O chamado CPFL inova foi desenvolvido em parceria com a Endeavor, ONG global de fomento ao empreendedorismo, e terá duração de sete meses. 

Ao longo deste período, os empreendedores selecionados passarão por um processo de mentoria conduzido pelos executivos do Grupo CPFL e mentores da rede Endeavor. 

“O alvo do CPFL Inova é atrair empreendedores ambiciosos com alto potencial de impacto, liderando os seus negócios com ética, gestão e profissionalismo”, afirma o diretor de Estratégia e Inovação da CPFL Energia, Rafael Lazzaretti.

Serão selecionadas para participar do projeto empresas que desenvolvam soluções nas áreas de: eficiência operacional, eficiência energética, geração distribuída, armazenamento de energia, Internet das Coisas, Big Data e análise de dados, cidades inteligentes e relacionamento com clientes. 

Essas áreas de negócio estão em linha com a estratégia de investimentos da CPFL Energia, que vem apostando na digitalização (smart grid e novos canais de atendimento) e na economia de baixo carbono (Envo – energia solar, CPFL Renováveis, CPFL Eficiência e CPFL Brasil).

Os empreendedores selecionados terão acesso a um fundo de R$ 10 milhões da CPFL Energia para o desenvolvimento de projetos de P&D, nos moldes do Programa de Pesquisa e desenvolvimento da ANEEL, cujos recursos serão investidos em capacitação técnica e especialização e no desenvolvimento de novos produtos e serviços. 

O período de inscrições vai até até 31 de janeiro de 2018 por meio do site do CPFL Inova. Uma banca composta por executivos da CPFL Energia e mentores da rede Endeavor selecionarão as 12 empresas que participarão do programa no dia 22 de fevereiro de 2018, com o anúncio dos escolhidos no dia 23.