Celso Oliveira.

Celso Oliveira não é mais country manager da MicroStrategy no Brasil.

O executivo está deixando o cargo nesta terça-feira, 20, e será substituído interinamente por Diego Keller, o gerente geral para América Latina da empresa.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada pelo Baguete.

Keller fica baseado na sede da empresa nos Estados Unidos e tem 20 anos de casa.

Oliveira foi contratado para liderar a MicroStrategy no Brasil em dezembro de 2018, vindo da Quest, onde era gerente geral para América Latina.

Oliveira passou por cargos na área comercial da SAP, Oracle e Microsoft, antes de assumir a Quest Software no Brasil em maio de 2016, logo depois da Dell se desfazer da aquisição da empresa de segurança.

Fundada em 1989, a MicroStrategy faz parte da primeira geração de empresas de Business Intelligence, junto com Business Objects e Cognos.

Mas, enquanto a Cognos e a Business Objects foram compradas por IBM e SAP, a MicroStrategy seguiu uma empresa independente.

Nos últimos anos, a MicroStrategy não vai muito bem. A receita teve um pico de US$ 580 milhões em 2014 e vem caindo ano a ano desde então, tendo ficado em US$ 486 milhões em 2019.