Juventude pensa em negócio próprio. Foto: flickr.com/photos/fabulousterrah

Uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas aponta que 80% dos entrevistados querem empreender nos próximos dez anos.

A quinta pesquisa Perfil do Lide Futuro foi encomendada pela vertente do Lide - Grupo de Líderes Empresariais.

Segundo o estudo divulgado pela Exame, a experiência em empresas foi a segunda opção mais apontada, com 24% dos votos, seguida de vivência no exterior (11%) e formação acadêmica (9%).

Mais da metade dos jovens apontam como prioridade abrir um negócio próprio nos próximos dois a quatro anos.

Steve Jobs, fundador da Apple, foi o nome mais citado entre os líderes que mais inspiram os entrevistados.

Em segundo lugar, aparece o empresário Warren Buffett (15%), seguido por Nelson Mandela (10%), Bill Gates (9%), Jack Welch (8%), Mark Zuckerberg (7%), Barack Obama e Gandhi (5%).

No caso dos brasileiros, o empresário Jorge Paulo Lemann foi apontado como favorito. Fernando Henrique Cardoso, Abílio Diniz e Edson de Godoy Bueno também foram lembrados.

OBSTÁCULOS
A maioria dos jovens também demonstrou otimismo, já que para 51% dos entrevistados o cenário político/econômico irá melhorar. Para 21%, a atual situação do país é ruim.

Para seguir o objetivo de empreender, o principal percalço é ter um ambiente econômico favorável. Experiência, capital, contatos e capacitação foram os outros pontos levantados.

Conforme a FGV, em todas as edições desta pesquisa, a área de educação foi apontada como a que mais precisa melhorar. Infraestrutura, política, segurança e saúde foram outros tópicos apontados.