Solução é responsável por 50% do faturamento. Foto: Divulgação

A Epson anunciou nesta semana a expansão de sua fábrica em Barueri (SP), que passará a produzir multifuncionais com a solução Tanque de Tinta, graças a nova estratégia adotada em 2012 para combater o mercado de cartuchos genéricos.

Produzidas apenas na Ásia, o Brasi será o primeiro país fora do continente a fabricar a solução e atender a demanda local, que corresponde a 50% do faturamento na área de impressoras da companhia. A intenção da multinacional é que com a expansão, eles possam alcançar mercados de países da América Latina.

A implantação que está em curso há seis meses trouxe um salto para a fábrica de Barueri, triplicando o número de funcionários. A tecnologia foi projetada para atender especialmente países emergentes, já que neles se movimenta cerca de R$ 900 milhões por ano em cartuchos recarregáveis.

“Os investimentos no país reforçam o comprometimento da empresa com o Brasil por meio da geração de novos negócios com criação de empregos, além da evolução tecnológica da tradicional impressora”, explica Paulo Ferraz, presidente da Epson do Brasil.

Tais investimentos são expressivos no país, já que a empresa tem aplicado há 17 anos na produção nacional. A subsidiária brasileira tem como estratégia também fortalecer sua atuação no mercado B2B, por meio de seus produtos profissionais, entre eles, videoprojetores, scanners, rotuladoras, mini-impressoras para automação comercial e robôs para automação industrial, além de projetos especiais para a área têxtil.