Alexandre Adoglio, Alexandre Ferraz, Júlio Rodacki.

Uma nova aceleradora de empresas acaba de abrir as portas em Blumenau. A Rex.co Acelera já está com inscrições abertas para sua primeira turma, para a qual será oferecido um ciclo de aceleração de 90 dias.

Ao final do processo, a Rex.co pode fazer um aporte de até R$ 500 mil. A aceleradora não chegou a divulgar o tamanho previsto para a turma, que será divulgada em março.

Os investidores da aceleradora são Júlio Rodacki, um dos sócios da construtora Rodacki; Alexandre Adoglio, um profissional com passagem pelas áreas comercial e de marketing de várias empresas da região, nos últimos anos à frente da startup de marketing digital People In e o advogado Alexandre Ferraz, integrante da Cicarelli & Passold Advogados.

“Queremos aproveitar o legado tecnológico de Blumenau e região para compormos cases de sucesso no ecossistema de inovação da cidade”, explica Adoglio.

O setor de tecnologia representa 5,6% da economia de Santa Catarina, de acordo com um estudo feito pela Associação Catarinense de Tecnologia (Acate). No panorama, cerca de 26% dessas empresas estão concentradas na região do Vale do Itajaí, onde fica Blumenau.

O Senac Blumenau deve oferecer cursos gratuitos às equipes com descontos exclusivos nos cursos de pós-graduação e MBA.

O Rex.co Acelera conta com a parceria institucional da Associação Empresarial de Blumenau (Acib) e integração dos programas de capacitação do Blusoft, ambas entidades nas quais Adoglio participa ativamente. 

Adoglio será um dos conselheiros das aceleradas, junto com Diego Alexandre, CEO da DATI, empresa especializada em cloud sediada em Blumenau; Felipe Althoff, sócio da XMS Partners e head da área de Venture Capital e André Luis, criador do Portal do Software.