INOVAÇÃO CHEIROSA

Boticário investe R$ 37 mi em Centro de P&D

21/03/2013 16:58

O Boticário investe forte em P&D. Foto: reprodução.

Tamanho da fonte: -A+A

O Grupo Boticário, que controla as unidades de negócio O Boticário, Eudora, quem disse, berenice?, The Beauty Box e Skingen Inteligência Genética, inaugurou nesta quinta-feira, 21, seu Centro de Pesquisa e Desenvolvimento, em São José dos Pinhais, com investimento de R$ 37 milhões.

Com mais de 8 mil metros quadrados de área construída, o empreendimento comporta, inicialmente, uma equipe de 230 pessoas dedicadas à inovação em produtos de beleza.

“O empreendimento que temos aqui hoje é compatível com o que há de mais avançado no mundo, dentro do segmento de perfumaria e cosméticos”, afirma o presidente do Grupo Boticário, Artur Grynbaum.

Ele explica que aproximadamente metade do faturamento do grupo resulta dos lançamentos que coloca no mercado por meio de suas unidades de negócio.

A receita de 2012 ainda não foi divulgada, mas ao longo do ano passado a empresa curitibana havia anunciado expectativa de crescer 20% sobre os R$ 2 bilhões faturados em 2011, quando as receitas ainda não levavam em conta três unidades de negócios criadas no ano que passou.

“Somente em 2012, foram cerca de 1,6 mil produtos novos. A unidade “Quem disse, Berenice?”, inaugurada em setembro, envolveu o desenvolvimento de mais de 500 produtos em cerca de um ano”, complementa Grynbaum.

Segundo o presidente, nos últimos dois anos a equipe de pesquisa e desenvolvimento aumentou 40%.

No novo centro, construído pela paranaense Emadel Engenharia e Obras, os profissionais contam com câmaras de teste, laboratórios, salas de estudos e duas bibliotecas.

Veja também

MARKETING PERFUMADO
W3Haus leva conta de O Boticário

Projeto refere-se à recém criada área de Marketing Digital e Fidelidade, da fabricante de perfumes.

Cinq aprimora app para iPad do Boticário

A paranaense Cinq Tecnologias responde pela evolução de um aplicativo do Boticário.

Chamado de Circuito Fashion, o app foi desenvolvido para o iPad e permite aos clientes conferir qual fragrância se enquadra nos seu perfil e sua personalidade.

O aplicativo já era usado desde maio e hoje a nova versão conta com mudanças no design – mais dinâmico e moderno –, além de novas funcionalidades.

Boticário compra parte do Grupo Scalina

O Boticário acaba de adquirir uma parcela minoritária do capital do Grupo Scalina, detentor das marcas Scala e Trifil.

Com isso, a tradicional marca de cosméticos que tem sede em São José dos Pinhais entra também no mercado de moda íntima.

Os detalhes financeiros da transação não foram divulgados.

App da Cinq aproxima O Boticário de clientes

O Boticário apostou em tecnologia da paranaense Cinq Technologies em seu evento Circuito da Beleza, ação de venda consultiva da marca que propõe avaliar o perfil de cada consumidora e direcionar suas compras aos perfumes mais adequados.

Para a ação, a Cinq desenvolveu o aplicativo para iPad “Circuito Fashion”, que permite coletar e avaliar, a partir de perguntas e respostas sobre o cotidiano, o perfil das clientes, enviando, após, sugestões de fragrâncias para as mesmas.

Boticário e Boehringer vão de TrakSYS

O Boticário e a Boheringer Ingelheim são os novos clientes da TrakSYS, solução da Active para medição de eficiência nas linhas de produção (OEE) de empresas dos setores farmacêutico, cosmético e veterinário.
 
No Boticário serão 23 linhas de produção que passarão a ser monitoradas.

TI MAIOR
Intel investirá R$ 300 mi em P&D no Brasil

Empresa firmou um acordo com MCTI e MEC para incentivar a pesquisa e desenvolvimento de TICs em áreas de interesse nacional.

MÉRITO UNIVERSITÁRIO
PUC-RS homenageia Abreu por P&D

Engenheiro eletrônico, Darlei Abreu atuou na HP por 25 anos e é reconhecido por contribuição ao ensino, pesquisa e extensão universitária.

DIGA OUI
França quer P&D brasileiro

Campanha “Diga OUI à França. Diga OUI à Inovação” quer que empresários brasileiros invistam na área de pequisa e desenvolvimento no país europeu.

MENORES, MAS CAROS
Intel: US$ 4 bilhões por share em P&D

Norte-americana compra fatia de 15% em desenvolvedora de nova tecnologia para "impressão" de chips em wafers. Método resultará em custo menor para a produção.