INDÚSTRIA FARMACÊUTICA

Kley Hertz gere documentos com SE

21/03/2014 15:04

Sistema da SoftExpert foi implantado pela ITSX após cinco anos de avaliações. 

Empresa fabrica e distribui 20 milhões de unidades ao ano. Foto: flickr.com/photos/jgoge123.

Tamanho da fonte: -A+A

A Kley Hertz, indústria farmacêutica porto-alegrense de medicamentos isentos de prescrição médica, adotou o módulo da catarinense SoftExpert para gestão de documentos.

Com o SE Document, cerca de 10 mil documentos vigentes e já obsoletos, serão armazenados. 

Antes, o processo na empresa era feito em todas as áreas, mas seu controle era feito a partir de uma lista mestra no Excel, também utilizada para controlar os vencimentos dos mesmos. 

Até a decisão de implementar a solução, a Kley Hertz avaliou a possibilidade por cerca de cinco anos.  

A ferramenta foi incorporada na companhia pela ITSX.

Atualmente, são 211 usuários cadastrados no sistema nas áreas administrativa e industrial, o que atinge os setores de RH, Marketing, Comercial, Financeiro, Fiscal, Produção, Controle de Qualidade, Garantia da Qualidade, Pesquisa e Desenvolvimento e Logística. 

“O SE Document garante que o processo de gestão de documentos seja confiável, rastreável e dinâmico. Isso é de suma importância para uma empresa como a nossa, na qual o cumprimento de procedimentos e normas é essencial para o sucesso do negócio”, ressalta Márcia Cruz Valiati, gerente técnica da Kley Hertz.

Com o SE Document, os colaboradores podem realizar pesquisas por palavras-chave no documento, ver quais são os mais acessados e administrar os vencimentos deles. 

Segundo Márcia, há possibilidade de migração para a ferramenta também da gestão de ordens de produção, contratos e documentações de fornecedores. 

Além disso, a empresa tem o interesse de aderir ao SE Action para gestão de não conformidades e ações corretivas e preventivas. O motivo é ter um sistema integrado e garantir a rastreabilidade no processo de desvios de qualidade.

A Kley Hertz atua também com produtos fitoterápicos, suplementos, cosméticos, dermocosméticos e medicamentos com prescrição médica, somando 60 marcas. 

A unidade fabril de Porto Alegre em conjunto com os centros de distribuição de Cotia, em São Paulo, e Contagem, em Minas Gerais, são responsáveis pela produção e distribuição de 20 milhões de unidades ao ano.

Em 2012, a empresa anunciou um investimento de R$ 100 milhões em uma nova unidade em Guaíba, também no Rio Grande do Sul. O local deve entrar em operação em 2015. 

A SoftExpert registrou em 2013 um crescimento no lucro de 34% em comparação ao ano anterior. A companhia também contabilizou um aumento de 15% nos negócios concretizados com clientes nacionais e internacionais, ultrapassando a marca de R$ 50 milhões. 

Para 2014, a empresa prevê crescimento de 25% no faturamento global e 50% no faturamento no mercado internacional. 

Fundada em 1995 e contando atualmente com mais de 2 mil clientes e 300 mil usuários ao redor do mundo, as soluções da SoftExpert são utilizadas em segmentos como manufatura, governo, farmacêutico, hospitais e laboratórios, serviços financeiros, alta tecnologia e TI, educação, energia e utilidade pública, logística, varejo, serviços, entre outros.

Veja também

REVISTA AMANHÃ
Confira as melhores para trabalhar no RS

A Dell figura na liderança das grandes, considerando companhias com mais de mil funcionários.

FORÇA NA EUROPA
SoftExpert: expansão chega à Holanda

Empresa joinvilense firmou parceria com a holandesa IQ Professional Consulting BV (IQ-PCC), expandindo sua atuação no velho continente.

RIO GRANDE DO SUL
Veja as melhores para trabalhar da TI

Estão listadas 35 companhias, 14 delas do setor de TI.

TRATAMENTO DE RESÍDUOS
Corsan-Sitel adota solução da SoftExpert

Aplicação foi adotada para cobrir a estrutura de tratamento de resíduos do Pólo Petroquímico e do Complexo Industrial da General Motors.

RESULTADOS
SoftExpert cresce 34% no lucro em 2013

Empresa cresceu 15% nos negócios concretizados com clientes nacionais e internacionais, ultrapassando a marca de R$ 50 milhões.