Baguete
InícioNotícias> Livraria Cultura adota Anymarket, da DB1

Tamanho da fonte:-A+A

E-COMMERCE

Livraria Cultura adota Anymarket, da DB1

Júlia Merker
// quarta, 21/03/2018 16:22

A Livraria Cultura adotou o software Anymarket, desenvolvido pela DB1, para uma estratégia de ampliação no varejo multicanal a partir da integração de diversos marketplaces.

A Livraria Cultura conta hoje com uma rede de 29 lojas físicas. Foto: Divulgação.

Em 2017, a rede de varejo realizou diversas ações que afetaram a atuação dos canais de vendas. 

O ano marcou o início da comercialização de seus itens nos marketplaces Carrefour, Magazine Luiza, Via Varejo, B2W e Mercado Livre; a aquisição da FNAC, agregando à rede 12 lojas em sete estados brasileiros; e a aquisição da Estante Virtual, plataforma de venda de livros novos e usados.

A Livraria Cultura iniciou suas operações com o Anymarket em setembro do ano passado, ao buscar um parceiro para facilitar a integração nos canais.

No primeiro mês de operação, a Livraria Cultura disponibilizava cerca de 15 mil itens. Três meses depois, em janeiro, a empresa aumentou seu portfólio para 220 mil produtos.

"A estabilidade da plataforma nos forneceu um importante diferencial competitivo para avançar nesse segmento", completa Paulo Roberto Ferreira Junior, gerente de e-commerce e integração da Livraria Cultura.

Criada em 1947, a Livraria Cultura conta hoje com uma rede de 29 lojas físicas em diferentes regiões do país e cerca de 2 mil funcionários. Em 2016, o faturamento da empresa ficou em R$ 380 milhões.

A partir da aquisição da Fnac, passou a contar com uma fatia de 16% do mercado de livrarias, atrás da Saraiva, que conta com cerca de 25%. 

O Anymarket, da DB1, atende atualmente mais de 800 clientes e oferecer uma operação centralizada para lidar com diversos marketplaces como Amazon, Mercado Livre, Netshoes, Dafiti, Via Varejo, Walmart, B2W, Magazine Luiza, Carrefour, entre outros.

A DB1 fechou 2017 com um faturamento de R$ 24 milhões, um aumento de 28% frente aos resultados do ano anterior.

A companhia é uma da dezena de empresas no país a ser certificada MPS.BR no nível A de maturidade, o mais alto do sistema de qualidade de software brasileiro, e tem também o selo CMMI nível 3.

Entre os clientes da DB1 estão nomes como Cooperativa Agrária, Aldo, Cocamar e Banco BMG.

Júlia Merker