Roseli Hübner, gerente de TI da Brandili. Foto: divulgação.

A MC1, paulista especializada em soluções de mobilidade e inteligência de mercado, firmou uma parceria com a fabricante catarinense de roupas Brandili para criar uma ferramenta de vendas específica para o segmento têxtil.

A solução, que adaptou um produto do portfólio da MC1 às demandas apresentadas pela indústria catarinense, é agora usada em 150 tablets da Brandili com sistema Android.

“O resultado desta parceria foi o nascimento de um produto 100% aderente ao formato de trabalho e aos processos da indústria têxtil, de propriedade da MC1, em que nós saimos na frente das concorrentes em janeiro de 2013”, conta Jaison Stahnke, gerente Comercial da Brandilli.

Com fábricas nas cidades de Apiúna e Otacílio Costa, em Santa Catarina, e produção anual de 15 milhões de peças, a indústria de roupas foi para a MC1 um case que agora significa expansão no setor.

“O projeto nos permitiu dar atenção aos mínimos detalhes, desde o planejamento de vendas à operação em campo deste segmento, como pedidos com grade e inteligência de sortimento, por exemplo”, analisa Júlio Fábio Chagas, diretor de Estratégia e Marketing da MC1.

Ele detalha que, com base em pesquisas de mercado, a companhia detectou no projeto peculiaridades especialmente no segmento de tecidos, por não se limitar a usar o tablet apenas para expor catálogos ou tirar pedidos.

“Nossa solução o usa também como ferramenta de treinamento, tanto de lojistas quanto da equipe de vendas própria e representantes, além de conter inteligência de negócio embarcada para orientar a equipe comercial no plano de sortimento”, afirma.

A parceria com a Brandili é um dos pilares da estratégia da MC1 para que o setor têxtil represente, nos próximos dois anos, 20% de seu faturamento, que é projetado em R$ 30 milhões para 2013.

Com sede em São Paulo e escritórios nos EUA, Venezuela e Argentina, a MC1 vende para mais de 12 países, com soluções utilizadas por mais de 30 mil usuários em áreas diversas – a carteira de clientes traz nomes como Sabesp, Nestlé, Honda, Basf, Santander, entre outros.

Já para a Brandili, o projeto incrementa a rotina de uma TI movimentada, que há cerca de sete meses anunciou uma renovação do data center e hardware de infraestrutura com equipamentos HP.

O trabalho envolveu aquisição do HP3Par e ampliou de 5 TB para 18 TB a capacidade de armazenamento da fabricante têxtil, além de quadruplicar a performance do parque, que passou a contar com 8 GB SAN (Storage Area Network) e ampliar o processamento de 2.4 GHZ para 2.86 GHZ.

A solução foi desenhada para aderir ao ERP Infor usado pela Brandili e criar um site de backup.

Conforme Roseli Hübner, gerente de TI da Brandili, a nova estrutura conta com HP 3PAR UtilityStorage, MSL 4048 Tape Library e enclosure C7000, reunindo servidores blade, módulos de conexão e switches.

Além disso, todo o ambiente é permeado pelo software de backup Data Protector e pela ferramenta de virtualização VMware Enterprise.

“A solução ampliou a disponibilidade e desempenho de toda a infraestrutura de TI”, afirma Roseli.

A empresa também adquiriu a solução de replicação VMware Site Recovery Manager, que amplia a disponibilidade entre os sites de produção e backup, além de facilitar os testes de fail over, conta a gerente.

O projeto foi realizado pela Seprol, parceiro HP com unidades em São José, Blumenau, Porto Alegre e Curitiba.

Com cerca de 1,5 mil colaboradores, a Brandili têm, além das fábricas, lojas em São Paulo e Campinas, mais de 40 escritórios espalhados no Brasil e produtos à venda em mais de 13 mil pontos no Brasil e outros 26 países.