Ananda Farias, gerente de Marketing da Palringo. Foto: Divulgação.

O aplicativo Palringo acaba de chegar ao Brasil. A ferramenta conecta pessoas ao redor do mundo para conversar, jogar e construir comunidades baseadas em interesses comuns, como jogos, vídeos, viagens ou eventos atuais.

A empresa não tem escritório no Brasil, mas irá investir em publicidade nas redes sociais, ações com influenciadores do mercado de tecnologia e games, além de parcerias com blogs e sites do setor. 

De acordo com Ananda Farias, gerente de Marketing da Palringo, desde a sua criação, a empresa tem trabalhando na construção de uma plataforma única, com uma mistura dinâmica de bate-papo com comunidades de jogos.

“A popularidade do aplicativo Palringo como uma ferramenta de bate-papo para jogos ajudou a alimentar o crescimento no número de usuários e incentivou a empresa a se concentrar no desenvolvimento e publicação de seus próprios jogos”, diz. 

Atualmente a empresa tem como games próprios os títulos Dark Nebula, Icy Tower Retro e Shib Shibb Wa.

“Começamos o movimento de expansão para países emergentes como Rússia, Índia e Brasil atraídos pelo aumento no tamanho do mercado de jogos mobile nesses países. Para quem era fã do Orkut, a nossa ferramenta lembra muito as famosas comunidades, em que usuários poderão jogar e também conversar em tempo real”, diz.

Lançada em 2006 na Inglaterra, a empresa possui atualmente mais de 40 milhões de usuários registrados no mundo, além de mais de 350 mil grupos ativos. 

A expectativa é atingir 50 milhões de usuários até o fim de 2015.  

Com sede em Londres, também conta com escritórios em Newcastle, Ipswich e Gotemburgo (Suécia), após a aquisição da empresa sueca Free Lunch Design, como primeiro passo da companhia para se tornar também uma desenvolvedora profissional de jogos para celular.