Payeleven foca novo aporte na operação brasileira. Foto: divulgação.

A Payleven, empresa de pagamentos móveis que opera em sete países e desembarcou no Brasil em setembro de 2012, recebeu um investimento de R$ 35 milhões do grupo alemão Rocket Internet.

Foi o terceiro aporte feito pelo grupo à companhia, e, segundo o Valor Econômico, os novos recursos serão aplicados à expansão no mercado brasileira e em um sistema de pagamento de débito em conta corrente.

Para o sistema, a meta é usar cartões de banco com chip, no modelo “chip and pin”, já usado desde fevereiro pela companhia na Europa.

De acordo com a direção da PayEleven, a expectativa é oferecer a tecnologia no Brasil a partir de agosto.

O aplicativo funcionará com um leitor de chip e senha conectado a um smartphone ou tablet com Android ou iOS e a proposta é ter adesão às bandeiras American Express, Diners Club, Elo, Visa e MasterCard.

Lançada em maio de 2012, a Payleven conta hoje com dez mil clientes cadastrados, número que a companhia projeta aumentar para 1,8 milhão até 2017.

Para uso de suas soluções, a Payleven cobra R$ 99,90 de taxa de credenciamento e o equivalente a 4,99% do valor das transações efetuadas. Não há mensalidade para manutenção do serviço.