Pica pau fez um belo buraco na caixa. Foto: Reprodução/WhatsAp.

A ação de um pica pau deixou Cruzeiro do Sul, a segunda maior cidade do Acre, sem internet e telefonia por duas horas nesta terça-feira, 19.

Segundo relata o G1, o pássaro perfurou com o bico uma caixa que protege os fios de fibra ótica, causando uma interrupção às 14h30. O fato foi confirmado pela Oi, dona do equipamento.

Cruzeiro do Sul tem 82 mil habitantes e fica a mais de 600 quilômetros da capital do estado, Rio Branco. A cidade faz fronteira com o Perú.

Popularizado pelo desenho animado a Disney, os pica paus são um pássaro comum no Brasil, onde sua lista de nomes inclui picapau, ipecu, carapina e pinica-pau.

Eles se alimentam principalmente de larvas de insetos que estão dentro dos troncos de árvores, alargando a cavidade onde se encontram as larvas com o bico e introduzindo sua língua longa e umedecida pelas glândulas salivares. 

Um pica pau pode dar mais de 100 bicadas por minuto no tronco de uma árvore, segundo informa a Wikipedia, e também usa a técnica para cavar os seus ninhos (a caixa craniana do pássaro tem um design único para lidar com o impacto repetitivo). 

Segundo o artigo em inglês da enciclopédia online, uma leitura fascinante, existem mais de 240 diferentes de pica pau no mundo e eles estão presentes em todo o globo com a exceção da Austrália, Nova Guiné, Nova Zelândia, Madagascar e os pólos.

De acordo com a Wikipedia, algumas espécies conseguem se adaptar em ambientes humanos em caso de seu habitat ser destruído, podendo cavar buracos em prédios, postes, tubos de ventilação e, como mostra o caso do Acre, infraestrutura de telecomunicações.