Tryp by Wyndham GRU Airport tem diária de US$ 600. Foto: Divulgação.

Conexão longa no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo? Vontade de tirar uma soneca num quarto de hotel? Seus desejos foram atendidos... Se você estiver disposto a pagar pelo menos US$ 75 para ficar por três horas no Tryp by Wyndham GRU Airport.

Para uma diária completa no local, é necessário desembolsar US$ 600.

O hotel, que contou investimentos que giram em torno de R$ 50 milhões, está situado na área alfandegada do recém-inaugurado Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Guarulhos. 

As horas no local incluem café da manhã, almoço e lanches. O wi-fi no ambiente é gratuito e ilimitado.

Dentre as 80 acomodações disponíveis é possível escolher entre cinco categorias: Tryp Luxo, que acomoda até duas pessoas em camas separadas; Tryp King, para duas pessoas com cama king size; Tryp Family, com instalações para famílias de até quatro pessoas; Tryp Fitness, que possui bicicleta ergométrica; e Tryp PNE, com espaço adaptado para pessoas com deficiência. 

O GBX Capital é a estruturador financeiro e proprietário do hotel, contando com a parceria do grupo americano Wyndham Hotel Group e a Nobile Hotéis.

“O Tryp GRU Airport atenderá a diferentes categorias de públicos que estão em viagens internacionais de lazer, trabalho, ou em conexões, e que estão ávidos por conforto e comodidade”, afirma Fábio Navajas, presidente do conselho da GBX Capital.

O hotel foi inaugurado em um momento desafiador, em que a desaceleração no fluxo de passageiros afeta os pontos de vendas do aeroporto de Guarulhos. 

Segundo a Folha de São Paulo, duas unidades do restaurante Arábia fecharam no novo terminal 3, além de uma da marca americana de pipoca Garrett Popcorn e de uma loja da franquia Risotto Mix.

O jornal afirma que os fechamentos ocorrem em um contexto de desaceleração geral nos aeroportos, em que até a operação da gigante no varejo de viagens, como a Dufry, já menciona em apresentações financeiras que o câmbio continua a enfraquecer o poder de compra do brasileiro.