Bruno Nissental, fundador da Oktoplus. Foto: Divulgação.

A Oktoplus, solução para gestão e monitoramento de programas de fidelidade, recebeu um investimento de R$ 2 milhões do Cventures Primus. 

Essa é a segunda rodada de investimentos da startup, que em 2015 recebeu R$ 1 milhão, também da Cventures.

Com os recursos recebidos, a empresa desenvolveu um aplicativo para dispositivos iOS e Android.

Agora, a plataforma focada no gerenciamento de programas de pontos de fidelidade conta com a versão mobile. O app conta com recursos como saldo em tempo real, alertas de pontos a expirar, avisos de promoções de bônus em milhas nos programas e buscador de passagens aéreas em milhas e em dinheiro. 

“Pensamos em uma plataforma que pudesse organizar os diversos programas de fidelidade do usuário, lembrando os pontos a expirar e permitindo fazer pesquisas de valores de passagens em milhas e em dinheiro, justamente para que haja grande vantagem financeira em utilizar os pontos e traga a máxima economia”, afirma Bruno Nissental, fundador da Oktoplus.

O aplicativo reúne mais de 50 programas de fidelidade, entre eles Claro Clube, Dotz, Livelo, MovaMais, Multiplus, PanVel Fidelidade, Pão de Açúcar Mais e Smiles.

Atualmente a empresa trabalha em novos recursos para o aplicativo, como um simulador para alcançar uma meta de pontos nos programas.

“Pretendemos desenvolver um simulador que possa estabelecer uma meta. Por exemplo: viajar para Miami com milhas. Ele calculará quantos pontos o usuário precisará juntar mês a mês para atingir o total de milhas necessárias para alcançar sua meta. Caso a meta seja inviável, o simulador avisará no início que não é viável”, conta Nissental.

O fundo Cventures Primus foi originado pela Cventures Empreendimentos Inovadores e realiza investimentos entre R$ 1 milhão e R$ 10 milhões por empresa. Para receber o aporte, as companhias precisam ser já operacionais e com faturamento anual máximo de R$ 16 milhões.

Neste ano, o fundo investiu em empresas como uMov.me, SumOne e Hiper.