4all está na camisa do Grêmio.

A 4all, plataforma de apps e meios de pagamento criada por José Renato Hopf, fundador da Getnet, fechou um acordo com o Grêmio para patrocinar o clube gaúcho nos jogos da final da Copa do Brasil.

O nome da empresa aparecerá num espaço na base das costas dos jogadores gremistas nas partidas contra o Atlético Mineiro. O primeiro jogo é nesta quarta-feira, 23.

O patrocínio acontece dentro do Grêmio Sponsor Experience (GSE), modalidade de patrocínio que possibilita à empresa parceira testar o impacto mercadológico de associar seu nome ao clube. 

A rede de farmácias Panvel e a Tintas Renner já haviam utilizado a GSE em outros seis jogos do Campeonato Brasileiro.

Visibilidade é o nome do jogo para a 4all, cujo produto vinha sendo desenvolvido em segredo pelos últimos 12 meses. Depois de ser lançado com muito barulho no começo do mês, a empresa agora visa ganhar massa crítica.

A 4all tem a meta de contar com pelo menos a metade da população de Porto Alegre (700 mil pessoas) usando alguma aplicação da empresa até o final do ano.

Depois, o plano é avançar em outras cidades em 2017 e globalmente em 2018.

Hoje a 4all já tem 8 milhões de usuários, principalmente em São Paulo e Rio de Janeiro, oriundo de aquisições sobre as quais a empresa não dá maiores detalhes.

Hoje já estão disponíveis funcionalidades de pagamento de estacionamento (4Park), marcação de salões de beleza (4Beauty), reserva de restaurantes e telentregas (4Food), recarga de cartões de transporte coletivo (4Mobility) e pagamentos móveis para tudo isso (4Pay).

Se a 4all está em um momento "vai ou racha", o mesmo é verdade para o Grêmio. O título da Copa do Brasil pode ser o fim de um jejum de títulos que já dura 15 anos.