ASSOCIAÇÃO

Brasil e Argentina se unem por IoT

22/01/2019 16:11

Associações dos dois países buscam integrar o ecossistema de IoT.

Flávio Maeda, presidente da ABINC. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A ABINC (Associação Brasileira de Internet das Coisas) e a CABASE (Câmara Argentina de Internet) assinaram um acordo de cooperação que busca estimular a troca de informações e integrar todo o ecossistema de IoT entre os dois países. 

A medida busca abrir o mercado para associados das duas entidades trocarem experiências no ambiente de desenvolvimento de software e hardware e, principalmente, trabalhar na regulamentação do setor.

Para Flávio Maeda, presidente da ABINC, o Brasil e a Argentina estão à frente do desenvolvimento de IoT na América do Sul.

“Os dois países contam com associações fortes envolvidas em todas as fases do desenvolvimento da IoT. Como temos os mesmos desafios do mercado argentino em relação à regulamentação, políticas industriais e de importação, o trabalho conjunto das duas associações busca acelerar o processo de adoção da Internet das Coisas em todas as verticais, em especial na indústria, serviços e agricultura”, afirma.

Anthony Harris, Diretor Executivo da CABASE, considera o acordo de cooperação um importante passo para fortalecer a implantação da IoT na região ao “possibilitar a combinação dos avanços tecnológicos de Empresas de IoT brasileiras e argentinas”. 

O acordo será base para um apoio na abertura de mercado para os associados das duas instituições, ao promover a organização de visitas bilaterais para que se solidifique a relação entre as associações e seus associados. Os encontros estão previstos para acontecer ainda no primeiro semestre de 2019. 

“Esta parceria trará às empresas brasileiras de IoT associadas à ABINC o acesso a um mercado extremamente desenvolvido, principalmente na região da grande Buenos Aires”, destaca Maeda.

A expectativa para o setor de IoT é de contar com 25 bilhões de equipamentos integrados a sistemas inteligentes em todo o mundo até 2020. 

O mercado de IoT deve movimentar US$ 19 trilhões até a próxima década, segundo previsões da Cisco. Deste montante, a América Latina será responsável por US$ 860 bilhões, sendo o Brasil o detentor de US$ 352 bilhões. Na sequência vem México, com US$ 197 bilhões; Argentina, com US$ 79 bilhões, e Colômbia, com US$ 64 bilhões.

Criada em 2015, a Abinc tem mais de 40 associados, incluindo empresas de software, como a SAP e Tech Mahindra; players de conectividade, como F5 e Vecto, e empresas especialistas em sensores, como Taggen, Telit e Konker. 

Veja também

RECONHECIMENTO
ITS é destaque da SAP em co-inovação

A consultoria recebeu o prêmio Parceiro Destaque em Co-inovação com a SAP na América Latina. 

RESULTADO
BNDES investirá em 15 projetos de IoT

O banco dobrou o orçamento da chamada pública para atender a mais propostas.

AGRONEGÓCIO
Adecoagro adota 4G da TIM com foco IoT

A iniciativa prevê a cobertura de uma área de mais de 600 mil hectares.

OPORTUNIDADE
Finep investirá até R$ 30 milhões em startups

A financiadora vai investir até R$ 1 milhão em cada uma das empresas selecionadas.

SANTA CATARINA
Termica Solutions irá para o Ágora Tech Park

A nova sede da empresa no parque tecnológico será um misto de escritório, laboratório e showroom.

EXPANSÃO
Nexo AI abre filial em Nova York

A unidade da empresa está localizada no WeWork Bryant Park.

INOVAÇÃO
Hub One, da Feevale, reúne 22 empresas

A universidade investiu cerca de R$ 4 milhões na reforma e adequação do pavilhão.

FUTURO
Gartner: 10 tendências para I&O em 2019

Chegou aquela época do ano em que começam as previsões sobre o ano que vem.