Tomas O’Farrell, co-fundador da Workana. Foto: Divulgação.

A Workana, plataforma de trabalho freelance com atuação em toda a América Latina, recebeu mais uma rodada de investimento de R$ 8 milhões realizada pelo grupo Seek e acionistas existentes. 

Com a quantia, a Workana pretende manter o ritmo de crescimento que apresentou em 2016, investindo principalmente na área de marketing.

Há um ano, o Seek, que é acionista de empresas como Brazil Online Holdings, controladora da Catho no Brasil e da OCC no México, já havia realizado a primeira rodada do investimento na empresa, com o mesmo valor. 

Na época, o valor foi investido para contratar profissionais de TI, realizar melhorias na plataforma e, principalmente, no desenvolvimento da versão mobile.

De acordo com Tomas O’Farrell, co-fundador da companhia, o novo investimento irá ajudar a Workana a cumprir as suas metas de crescimento. 

“A cada ano, nós estamos duplicando em volume em quase todas as métricas relevantes. Já atingimos 70% de participação do mercado da América Latina, e continuaremos crescendo”, completa o executivo.

Com uma equipe de 35 profissionais em dois escritórios localizados no Brasil e na Argentina, a empresa atrai usuários de toda a América Latina e conecta mais de 500 mil freelancers com quem precisa de serviços freelance, como desenvolvedores de sistemas web e aplicativos, profissionais de marketing, designers gráficos, tradutores, gerentes de conteúdos, assistentes virtuais, entre outros.