Alexandre Winetzki, diretor de P&D da Stefanini.

A D-Link conta com um novo canal de atendimento a partir de um projeto desenvolvido pela Stefanini. O chatbot, batizado de Davi (D-Link Assistente Virtual Inteligente) é uma versão customizada da Sophie, plataforma de inteligência cognitiva da Stefanini.

Este é o primeiro projeto da Stefanini totalmente focado no consumidor final (B2C). 

A solução foi desenvolvida para oferecer aos clientes da D-Link o suporte necessário em relação às dúvidas na utilização dos principais produtos da marca. 

Alexandre Winetzki, diretor de P&D da Stefanini, explica que o cliente realiza o suporte por meio de uma equipe de call center, que atua de segunda a sexta, em horário comercial. 

“A partir de agora, o usuário que tiver alguma dúvida poderá interagir com o Davi 24 horas, sete dias por semana. A previsão é incluir a abertura de chamados, o que trará um benefício enorme para o cliente. Dessa forma, o atendente se concentrará em questões mais complexas de suporte”, completa o executivo.

Para oferecer a experiência, a D-Link reuniu informações sobre os produtos mais vendidos e criou, juntamente a Stefanini, um guia de perguntas e respostas que foi inserido no chatbot. 

Quando o cliente entra no site da D-Link para tirar dúvidas técnicas, como atualização de firmware ou instalação, a plataforma auxilia os usuários, que não precisam mais falar com um atendente. 

“Nosso objetivo é aprimorar a interação com o cliente, a partir da oferta de suporte técnico via chatbot. O Davi pode, por exemplo, indicar para o cliente um vídeo que elucide as dúvidas dele ou até mesmo acionar o manual eletrônico do produto, evitando perda de tempo”, explica Ivanildo Miranda, Business Operation Manager da D-Link.

A plataforma Sophie, já utilizada com sucesso em vários clientes na América Latina, Estados Unidos e Europa, está disponível na versão 3.2 e responde em 44 idiomas. 

O sistema pode ser incorporado a todas as ofertas de atendimento da Stefanini em Information Technology Outsourcing (ITO), Business Process Outsourcing (BPO) e call center, como a maioria dos grandes sistemas de IT Service Management (ITMS) e Customer Relationship Management (CRM) disponíveis no mercado.

“O projeto desenvolvido para a D-Link reforça como os serviços de BPO podem, por meio de nossas soluções digitais, alavancar a transformação de processos transacionais ou padronizados, trazendo uma melhor experência para os clientes de nossos clientes”, complementa Alexandre Vômero, diretor de BPO da Stefanini para a América Latina.

A D-Link implementa e suporta soluções de rede unificadas que integram recursos em comutação, sem fio, banda larga, armazenamento, vigilância IP e gerenciamento de rede baseado em nuvem. Fundada em 1986, em Taiwan, a empresa soma mais de 2 mil funcionários em todo o mundo.