Assespro divulgou lista de apoiadores de peso. Foto: Pexels.

A Assespro Nacional divulgou uma lista de 17 apoiadores para sua candidatura a uma das duas cadeiras do setor empresarial no conselho consultivo da Agência Nacional de Proteção de Dados (ANPD).

A lista, que pode ser conferida na íntegra abaixo, tem nomes de peso e diversificados, incluindo a Acate, poderosa entidade catarinense de TI; o Porto Digital, um dos parques tecnológicos mais importantes do país; o fundo Bossa Nova Venture Capital e a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores.

A Assespro, que representa 3,5 mil empresas brasileiras de pequeno e médio porte, é uma das duas concorrentes para o conselho do setor de tecnologia.

A entidade indicou para a posição o empresário Ítalo Nogueira, que presidiu a entidade no biênio 2019-20, foi conselheiro do Porto Digital e Softex Recife e é investidor em 40 startups.

A outra interessada é a Brasscom, entidade que reúne grandes empresas brasileiras e multinacionais instaladas no país, e indicou a advogada Ana Paula Bialer, ex-presidente da Associação Brasileira de Direito da Tecnologia da Informação e das Comunicações.

A Brasscom tem o apoio de oito organizações: AbraHosting, Abrintel, ADCN, Confederação Nacional de Saúde, ConTIC, FenaInfo, P&D Brasil e Sociedade Brasileira de Computação.

Os leitores atentos do Baguete vão lembrar que a disputa da Assespro Nacional com a Brasscom pela vaga no conselho da ANPD já foi notícia no site, e que naquela ocasião não eram mencionados apoiadores da entidade. Isso é porque a Assespro só divulgou eles agora.

O conselho será formado por 23 membros representantes do poder público e privado, duas das vagas sendo do setor empresarial. O mandato será de dois anos, permitida a recondução pelo mesmo período.

Parece pouco provável que o setor de TI emplaque duas indicações em um conselho com influência na implementação de uma lei que afeta todo tipo de empresas, incluindo algumas com muito mais influência que o setor de TI, como por exemplo, os bancos.

Em outubro do ano passado, foram indicados os cinco diretores da ANPD, dois quais dois faziam parte de uma lista de quatro candidatos apresentada pela Brasscom ao governo: Miriam Wimmer, diretora de Serviços de Telecomunicações no Ministério das Comunicações, e Arthur Sabbat, diretor do Departamento de Segurança da Informação do GSI-PR.

Lista completa dos apoiadores da Assespro:

1. Witsa | World Information Technology and Services Alliance

2. Aleti | Federación de Entidades de Tecnologías de la Información de Iberoamérica

3. Abipti | Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica e Inovação

4. Asteps | Associação de Startups e Empreendedores Digitais

5. Anprotec | Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores

6. Brafip | Associação Brasileira de Fomento à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação

7. Softex

8. Anjos do Brasil

9. Bossa Nova Venture Capital

10. Illuminante | Instituto Illuminante de Inovação Tecnológica e Impacto Social

11. Acate | Associação Catarinense de Tecnologia

12. Sindesei/DF | Sindicato da Empresas de Serviços de Informática do DF

13. Sinfor/DF | Sindicato das Indústrias da Informação do Distrito Federal

14. Porto Digital | Recife/PE

15. Softex/Recife | Centro de Excelência em Tecnologia de Software do Recife

16. SEPROPE | Sindicato das Empresas de Processamento de Dados do Estado de Pernambuco

17. Agência Curitiba de Desenvolvimento S.A.

18. Hotmilk | Ecossistema de Inovação PUCPR