APORTE

Get Commerce capta R$ 1,2 milhão

22/03/2022 16:37

Investimento na plataforma gaúcha de e-commerce foi da BR Angels.

José Augusto Arnuti Aita, Daniel João e Nathan Leidemer, fundadores da Get Commerce. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Get Commerce, plataforma gaúcha de e-commerce e lojas virtuais, acaba de receber um aporte de R$ 1,2 milhão do BR Angels Smart Network em sua primeira rodada de investimento.

Fundada em 2018, a startup oferece um modelo de loja pronta com a configuração de variadas formas de pagamento e envio, cadastro do pixel do Facebook e configuração do Google Analytics. 

A empresa atua em todas as etapas de personalização da loja virtual dos clientes, a começar pelo registro e a configuração para domínio próprio, ativação de e-mails específicos para cada um e elaboração do layout. O pagamento é mensal com valor fixo.

Sua plataforma já atingiu mais de 550 mil pedidos e R$ 120 milhões transacionados, com uma média de 21 milhões de pageviews mensais. 

Segundo Daniel João, cofundador e head de operações da startup, o investimento chega em um momento de tração muito bom da empresa e ajudará a manter esse ritmo de aceleração. 

“Queremos consolidar a Get Commerce como uma das principais soluções corporativas de e-commerce do Brasil, gerando prosperidade e impacto social. Nosso objetivo é democratizar os serviços de comércio eletrônico”, afirma José Augusto Arnuti Aita, cofundador e CEO da companhia.

Com o aporte, a empresa pretende escalar a operação comercial no Brasil, com a expectativa de triplicar de tamanho.

“Durante o processo de seleção, interagimos e mostramos nossos números para o BR Angels, então percebemos que eles possuem um fit de crescimento e aprendizado muito alinhado com o nosso. Será fundamental fazer parte de um portfólio de investidas em que a troca é real e que também vamos poder somar com o nosso conhecimento em tecnologia e ESG”, destaca João. 

De acordo com Orlando Cintra, fundador e CEO do BR Angels, o foco da Get Commerce em impactar negócios e, ao mesmo tempo, educar o ecossistema se alinha com o propósito da rede de investimento-anjo.

Outro fator que contribuiu para a decisão foi o momento aquecido do e-commerce no mercado nacional. De acordo com relatório da Neotrust/Movimento Compre & Confie, o faturamento do setor encerrou o último ano com alta de 48,41% em comparação com 2020. 

Com o chamado Smart Money, todos os associados devem dedicar, no mínimo, quatro horas por mês às investidas do portfólio, o que gera um total de 100 horas de mentorias mensais em áreas como customer success, ESG e planejamento estratégico e gestão. 

“No final, essa troca se transforma em uma grande vantagem competitiva para as startups e desejamos que a Get Commerce se beneficie desta oportunidade e voe ainda mais alto”, explica Cintra.

Formado em 2019, O BR Angels Smart Network é uma associação composta por mais de 200 CEOs e empresários. Inicialmente, seu foco está em negócios que operam nos segmentos B2B, B2B2C e B2C dentro dos quais o conceito de smart money possa ser amplamente empregado.

Veja também

DINDIN
Kamino recebe aporte de US$ 6,1 milhões

Nomes de peso querem ajudar startups a criar offshores.

AQUISIÇÃO
Nelogica compra Akeloo

A startup mineira é especializada em controle de tributos para investidores e traders.

STREAMING
Watch Brasil recebe aporte de R$ 28 milhões

Investimento é da Bertha Capital, gestora do corporate venture capital da Multilaser.

BIOMETRIA
Beach Park: reconhecimento facial com Unike

Solução é utilizada para pagamentos dentro do parque aquático.

SAÚDE
Vittude recebe aporte de R$ 35 milhões

Startup de psicologia irá usar o valor para expandir o negócio B2B.

EDUCAÇÃO
Rede Evolua compra Ulbra

Novos donos têm que dar um jeito em dívidas que chegam a R$ 9 bilhões.