Hospital Sepaco conta com PACS da Pixeon. Foto: flickr.com/photos/calliope

O Hospital Sepaco, de São Paulo, adquiriu o sistema de comunicação e arquivamento de imagens (PACS, na sigla em inglês) da Pixeon Medical System, desenvolvedora de soluções de TI para saúde.

O software permite o monitoramento e gestão do PACS com diversas funcionalidades, como monitoramento e edição de exames, controle de usuários e perfis de utilizadores, transferência de exames entre unidades, relatório de aplicativos, registro completo das ações executadas, visualização, interpretação e manipulação de imagens médicas de qualquer modalidade, entre outros. 

É possível ainda realizar a entrega de exames gravados em DVD e também pela internet. O documento será acessível via computador, smartphone e tablet, permitindo mais agilidade para o médico solicitante e evitando retornos desnecessários. 

Além disso, há o módulo de gerenciamento que possibilita um histórico de impressões dos exames. 

De acordo com o gerente tecnologia da informação do Sepaco, David Oliveira, o sistema vai modernizar e tornar mais veloz o setor de diagnósticos. A escolha do novo software foi baseada na decisão dos médicos radiologistas da organização. 

Para a área de tecnologia, a ferramenta traz recursos de monitoramento ativo e facilidade de integração, além da plataforma web presente em toda solução, facilitando o suporte para todo setor de diagnóstico por imagem.

Com sedes em Florianópolis e São Bernardo do Campo, a Pixeon conta com seus sistemas - PACS, RIS e LIS - em hospitais, clínicas e centros de diagnóstico de todos os estados brasileiros. Em 2013, recebeu um investimento de R$ 30 milhões da Riverwood Capital, destinado a apoiar a empresa em sua estratégia de expansão.

O aporte foi a primeira parte de um investimento da Riverwood que totalizará R$ 50 milhões até 2016. 

Entre seus cerca de 1,2 mil clientes, a empresa tem instituições como o Hospital São Camilo de São Paulo, Hospital de Câncer de Barretos de Barretos, Hospital de clínicas da Unicamp de Campinas, Santa Casa de Porto Alegre, Hospital Santa Izabel e Alliar Medicina Diagnóstica.