A SAP registrou lucro líquido consolidado de € 413 milhões no primeiro trimestre deste ano. Foto: 360b/Shutterstock.

A SAP registrou lucro líquido consolidado de € 413 milhões no primeiro trimestre deste ano, o que representa uma queda de 23% em relação ao mesmo período do ano passado.

O faturamento da fabricante alemã, por sua vez, teve crescimento de 22% nos primeiros três meses de 2015, passando de € 3,69 bilhões em 2014 para € 4,49 bilhões neste ano. 

A receita foi puxada pela expansão recorde da oferta de softwares na nuvem, que passou de € 219 milhões para € 503 milhões, crescimento de 129%.

A SAP teve desempenho expressivo na região que engloba a Europa, Oriente Médio e África (EMEA, na sigla em inglês). A receita com ofertas na nuvem teve alta de 114% na área, impulsionada por uma forte demanda no Reino Unido. Além disso, a receita com licenças de software na Alemanha cresceu 13%.

Na região das Américas, as assinaturas de nuvem aumentaram 136%, puxadas pelo crescimento de três dígitos nos Estados Unidos. Já no Brasil, houve uma recuperação, com o crescimento de dois dígitos das receitas com licença de software.