BIOMETRIA

Banco PAN usa reconhecimento facial

22/04/2019 09:35

Tecnologia está se disseminando no setor financeiro do país.

Biometria facial de aposentados vai servir como assinatura. Foto: Pixabay.

Tamanho da fonte: -A+A

O Banco PAN está usando reconhecimento facial como assinatura para o cliente que contratar um empréstimo consignado.

Com a novidade, uma selfie do cliente passa a valer como assinatura do contrato.

A implementação começou em 10 lojas do PAN no início deste ano. Progressivamente foi expandida às 60 lojas e 6 correspondentes selecionados, ainda em processo de piloto. A partir de 16 de abril, toda a rede parceira do PAN contará com esta inovação.

No segundo semestre deste ano, a novidade chegará para outros produtos do banco, como financiamento de veículos. Ainda em 2019, a expectativa é que 100% dos processos de contratação de crédito e abertura de conta deverão acontecer via biometria facial.

O Pan é controlado pela Caixa e o BTG Pactual, atuando principalmente com crédito consignado para aposentados, financiamento de veículos usados, financiamento de motos novas e cartão de crédito.

“As primeiras análises apontaram para o reconhecimento de voz ou de digitais, mas levando em consideração a acessibilidade do recurso, definimos que a biometria facial era a mais adequada para nossos clientes”, afirma Artur Azevedo, superintendente Executivo de Produtos e CRM do Banco PAN.

De acordo com o PAN, foram testados 14 protótipos, até se chegar à versão atual que garantiu o pleno entendimento do processo pelos clientes, permitindo-os realizar o processo sem nenhum tipo de auxílio.

“Envolvemos uma base de clientes aposentados nos testes dos protótipos. Com isso, conseguimos garantir a simplicidade e transparência no processo de contratação de crédito e assegurar que este perfil de consumidor não necessitaria de auxílio para realizar a formalização digital”, diz Azevedo.

A modernização no atendimento integra a estratégia do PAN em se tornar 100% digital. Nos próximos dois anos, o aporte financeiro destinado à tecnologia chegará a R$ 150 milhões.

Em nota, o Pan não chega a revelar quem é o fornecedor da tecnologia. Questionado pela reportagem, o banco diz que não abre a informação, o que é um procedimento comum em bancos, que gostam de fazer mistério sobre esse tipo de coisas.

Reconhecimento facial é uma tendência em alta no Brasil. Na semana passada, o Itaú anunciou um projeto do tipo, também sem abrir quem é o fornecedor.

Alguns players se destacando no mercado. 

Um deles é a FullFace, uma das startups líderes nesse segmento. Em setembro do ano passado, quando recebeu um aporte de R$ 5 milhões de um fundo, a FullFace divulgou uma lista de clientes que incluía o Itaú, além de Gol, Serasa e Motorola.

Outro é a Acesso Digital, que deu recentemente um passo importante ao fechar um acordo com SPC, que possibilitará a captação de grandes volumes de rostos. 

Com o contrato, o SPC pode oferecer a tecnologia para os seus clientes com o nome SPC Reconhecimento Facial. A meta é cadastrar cerca de 3 milhões de faces no primeiro ano de operação. 

O PAN também pode ter feito o projeto ele mesmo, com base em tecnologias disponíveis para tanto de fornecedores como a Microsoft.

Veja também

SEGURANÇA
Itaú adota reconhecimento facial

Banco faz segredo de quem é o fornecedor, mas a reportagem tem um bom chute.

IA
SulAmérica usa biometria facial em aplicativo

O recurso conta com o uso da plataforma de inteligência artificial da Microsoft.

SAÚDE
Paraná Clínicas adota biometria facial

O projeto foi idealizado pela equipe de TI e construído em parceria com a MPS Informática.

AEROPORTO
Uruguai tem embarque biométrico

O país é pioneiro na América do Sul na aplicação do sistema.

STARTUP
FullFace recebe aporte de R$ 5 milhões

A empresa paulista é a sexta a receber um investimento do fundo Primatec.

SEGURANÇA
Avante busca proteção anti-fraude com IdWall

O contrato com a Avante envolve Validação de Documentos, Background Check e Face Match.

FACES
SPC usa biometria da Acesso Digital

O SPC vai oferecer a tecnologia para os seus clientes com o nome SPC Reconhecimento Facial.

CARREIRA
Idemia tem novo líder na América Latina

Marcelo Bellini Garcia ocupou posições de liderança na antiga Morpho por 20 anos.

SEGURANÇA
Ingresso Rápido adota biometria facial

A empresa está em fase de implementação de um sistema de biometria facial da Acesso Digital.