Marcelo Pugliesi, CEO da DT+Seekr. Foto: Divulgação.

A Anima, uma das maiores organizações educacionais privadas de ensino superior do país, integrou ao seu sistema o DTBot, solução de atendimento automatizado da DT+Seekr

O robô Edu, como foi batizado, está no site da instituição para realizar toda a comunicação digital com os alunos.

A solução une-se a outras tecnologias implantadas pela instituição, com o objetivo de ter mais opções de atendimento ao público, principalmente online.

O contrato entre a Anima e a DT+Seekr teve início em 2013, quando a instituição de ensino investiu no DTChat, sistema de chat para atendimento. Em 2015, a Anima integrou ao seu sistema de atendimento o DTMail, com o objetivo de melhorar a gestão dos contatos realizados por correio eletrônico.

“Antes, o nosso atendimento era baseado nos e-mails recebidos nas caixas dos próprios colaboradores, o que não nos permitia ter controle sobre prazos de respostas. Por isso, decidimos tornar mais inteligente nossa área de atendimento”, conta Flávio Vouguinha, Gerente de Atendimento e Relacionamento da Anima.

A instituição também utiliza a central de atendimento por meio das Frequently Asked Questions (FAQs), permitindo que usuário encontre as respostas para as suas dúvidas.

Com as diversas soluções combinadas, a Anima alcançou um aumento de 70% na retenção durante o atendimento dos alunos. O objetivo é chegar aos 80% até o final do ano, já que, agora, a organização investirá em um bot por escola. 

Desta forma, será possível oferecer aos alunos não só informações gerais da Anima, mas também dados específicos sobre cada uma das unidades.

“Os estudantes universitários fazem parte de uma nova geração de consumidores extremamente imediatistas e exigentes, e a instituição se preparou para atendê-los, com as soluções de atendimento automatizado, que respondem de forma rápida e eficiente aos questionamentos dos alunos”, complementa Marcelo Pugliesi, CEO da DT+Seekr.

A Anima Educação está há 10 anos no mercado com instituições de ensino superior e educação executiva, sendo um dos maiores grupos de educação privada do Brasil – com mais de 90 mil alunos. 

Entre as instituições que compõem o grupo estão a Universidade São Judas Tadeu, em São Paulo, quatro centros universitários (Una e UniBH, em Minas Gerais, Unimonte, em São Paulo e UniSociesc, no sul do país) e faculdades em 13 cidades nos estados de Minas Gerias, Goiás e Santa Catarina.

Com escritórios em São Paulo e Blumenau, a DT+Seekr é resultado da fusão entre a Direct Talk e a Seekr, que recebeu aporte de capital do Fundo CVentures. Criada com a união em março deste ano, a empresa conta com 700 clientes e 130 colaboradores. 

Para os próximos cinco anos, a expectativa da companhia é expandir a atuação para toda a América Latina e faturar cerca de R$ 100 milhões. Hoje, as empresas somam receita de R$ 30 milhões.