Robinson Klein, CEO da Cigam. Foto: Divulgação.

A Rede Cigam, fornecedora de software de gestão empresarial, investiu R$ 6,2 milhões no desenvolvimento do Cigam 11, nova versão do seu ERP. Além de algoritmos próprios, o sistema conta com a parceria da IBM para recursos de inteligência artificial.

Ao longo de 3 anos, foram mais de 100 mil horas de trabalho do setor de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da fabricante, que criou uma ferramenta preditiva de gerenciamento.

“Aliando a experiência da Cigam em sistemas de gestão com a capacidade da IBM, criamos um ERP pós-moderno seguindo as tendências previstas pelas principais consultorias, que aprende com o cliente e fica cada vez mais produtivo à medida em que é utilizado”, afirma Robinson Klein, CEO da Cigam.

O Cigam 11 atende a comandos de voz, permitindo que o cliente opere algumas funcionalidades pela fala. Além disso, opera com um bot que analisa informações em alta velocidade e que pode ser integrado a soluções de internet das coisas (IoT).

“A transformação digital vem com muita velocidade e está remodelando muitas aplicações de software, especialmente o software de gestão. Uma interface de usuário assistiva e conversacional se tornará um diferencial primário na seleção de muitos sistemas de gerenciamento e aplicações associadas”, salienta Klein.

A partir da operação por voz, o usuário pode solicitar registros com perguntas como “qual o fluxo de caixa hoje”, ao invés de buscar a informação na ferramenta.

“Com a inteligência artificial, quebramos um paradigma de relacionamento entre clientes e empresas. Criamos uma nova forma do usuário interagir, através de chatbot, gerando uma automação que otimiza os atendimentos. Além disso, através do comando de voz, estamos simplificando o ERP e atingindo um número maior de pessoas para sua utilização”, explica Maurício Ouriques, gerente de Produto da Cigam.

A Cigam não divulgou seus resultados de faturamento em 2015 e 2016. De acordo com Klein, o crescimento no período foi de aproximadamente 10% a cada ano.

Para 2017, a meta da empresa é crescer 30%. O novo software deve impulsionar metade do número previsto.

Em 2014, último ano com números divulgados, a empresa alcançou faturamento de R$ 53 milhões, uma expansão na casa dos 28% sobre o ano anterior.

Há três décadas no mercado de software de gestão empresarial, a Cigam conta com mais de 5 mil clientes.

A Rede Cigam tem 80 unidades de atendimento distribuídas pelo país e uma no México, contando com cerca de 800 profissionais. A empresa oferece soluções em ERP, CRM, PDV, RH, mobile e BI.