Carlos Kazuo. Foto: Divulgação.

A GFT, empresa especializada em soluções digitais para o setor financeiro, vai levar o executivo brasileiro Carlos Kazuo para a unidade de Nova York, nos Estados Unidos. 

No país, o profissional vai atuar como gerente executivo de projetos, inicialmente apoiando as soluções para o setor de banking (retail e investment banking).

Um dos grandes desafios é consolidar a área de projetos relacionados à transformação digital, especialmente apoiando os clientes nas suas estratégias de migração para nuvem e na adoção de arquiteturas baseadas nos conceitos de open banking. 

Kazuo também acumulará a função de apoiar a gestão interna de carreira dos consultores da GFT nos EUA.

Há mais de um ano na GFT Brasil, Kazuo era o responsável por gerenciar o time de entregas, composto por mais de 400 pessoas. 

"Agradecemos todo o trabalho neste último ano e acreditamos que sua atuação trará grandes resultados para a GFT USA, Brasil e para o Grupo. Essa expatriação demonstra também o nosso esforço para exportar mão-de-obra qualificada, não só de engenheiros e desenvolvedores, mas também de executivos", afirma Marco Santos, managing director da GFT para a América Latina.

A GFT registrou um aumento de 157% em seu faturamento no Brasil em 2016, a maior alta entre as unidades do grupo no mundo. Globalmente, a receita da multinacional alemã aumentou 13% na comparação com 2015, chegando a  € 422,56 milhões.