Baguete
InícioNotícias> Corsan gere riscos com SoftExpert

Tamanho da fonte:-A+A

GOVERNANÇA

Corsan gere riscos com SoftExpert

Júlia Merker
// terça, 22/05/2018 14:11

A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) contratou o SoftExpert Excellence Suite (SE Suite), da SoftExpert, com o objetivo de aprimorar sua gestão de risco e governança.

A Companhia Riograndense de Saneamento contratou o SoftExpert Excellence Suite (SE Suite). Foto: Divulgação.

O projeto tem relação com a promulgação da Lei Federal 13.303/16, que tornou obrigatória a aplicação de conceitos e estruturas de governança corporativa, transparência, práticas de gestão de riscos, controles internos e compliance perante o estatuto jurídico de empresas públicas, economia mista e de suas subsidiárias.

Para se adaptar às mudanças, a Corsan criou a Superintendência de Controles Internos, Gestão de Riscos e Compliance (SUCIR), onde começaram a serem definidas metodologias para atender aos requisitos da nova legislação. 

Após a estruturação de todos os processos, a companhia identificou a necessidade de uma ferramenta que apoiasse tanto a operação quanto a gestão da área.

“A adoção da ferramenta foi fundamental para que pudéssemos implementar os requisitos impostos. Hoje, temos quase todos os processos de governança apoiados pelo SE Suite, com o módulo SE Riscos, facilitando também a disseminação dos resultados e as análises imediatas dos riscos que podem comprometer o negócio”, revela Allan Machado Kovalscki, superintendente de Controles Internos e Gestão de Riscos.

A metodologia empregada foi baseada na ISO 31.000 e no COSO (Committee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission - Enterprise Risk Management Framework 2004).

“Para a matriz de riscos corporativos utilizamos Plano de Risco e Controle, através do qual foram identificados, listados e avaliados os riscos, passando a identificar controles com o intuito de modificar os riscos identificados, mitigando-os ou reduzindo seus impactos. Após a definição da matriz de riscos corporativa, passamos a identificar, avaliar e controlar os riscos operacionais da primeira linha de defesa”, ressalta Kovalscki.

Os processos mapeados estão disponíveis para todos os colaboradores. Com isso, a ideia é reduzir custos em treinamentos mais aprofundados, uma vez que os processos estão modelados e disponíveis, bem como as regras e normas internas da companhia.

“Os principais diferenciais da ferramenta são a adaptabilidade aos critérios propostos e a possibilidade de ter vários módulos, todos eles integrados, dentro de uma única ferramenta, além de ser um sistema muito amigável e de fácil entendimento. A equipe de consultores da ITSX (parceiro SoftExpert responsável pela implementação do projeto) também foi fundamental para este projeto, sempre atenciosos e com um conhecimento amplo da ferramenta, em todas as funcionalidades”, explica Kovalscki.

Após amadurecer os processos de Gestão de Riscos e Controles Internos, a empresa já inicia a implementação dos processos de Compliance na ferramenta.

Os próximos passos serão a gestão de leis e regulamentos para comprovar conformidade aos auditores internos e externos, além da definição e agendamento de planos de auditorias de governança e a automação dos processos de GRC para o monitoramento contínuo dos controles com as ferramentas de gestão de requisitos legais, tratamento de perdas e não-conformidades, controle de planos de ação e gestão dos processos de auditoria interna.

Fechando o ciclo de gestão da área, será realizado o monitoramento e análise do progresso do programa de governança corporativa, através das ferramentas de gestão de projetos e cronogramas, e de metas e resultados com a publicação dos indicadores de desempenho para todas as áreas participantes.

Fundada em 1995, a SoftExpert conta atualmente com mais de 2 mil clientes e 300 mil usuários ao redor do mundo.

Júlia Merker