Haroldo Ferreira, presidente-executivo da Abicalçados.

A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) acaba de criar uma plataforma digital para venda de calçados na Internet, até o momento com 100 marcas cadastradas.

Sediada em Novo Hamburgo, cidade gaúcha que é dos polos da indústria de calçados no país, a Abicalçados contratou para o projeto a WT.AG, uma agência digital baseada na cidade, responsável pela criação a interface do sistema que roda por trás.

O projeto reúne marcas do todo o país, por meio de 25 sindicatos do setor de calçados. A iniciativa é voltada para lojistas e não o consumidor final. Existem 60 mil pontos de vendas de calçados no país.

“Já existia esse movimento (de incremento das negociações no meio digital) antes mesmo da pandemia do novo coronavírus. Porém, as restrições dos encontros físicos fez com que esse movimento fosse turbinado”, afirma Haroldo Ferreira, presidente-executivo da Abicalçados.

A coordenadora de Promoção Comercial da Abicalçados, Letícia Masselli, ressalta que a Calçados do Brasil é gratuita para empresas associadas à Abicalçados, bem como para todos os compradores brasileiros interessados. 

Para melhorar a funcionalidade, o perfil da marca é lincado ao Instagram da mesma, não exigindo uma atualização constante do espaço. 

“A ideia foi criar um ambiente simples, funcional e intuitivo, tanto para fornecedores como para compradores”, comenta Masselli. 

A Abicalçados já tinha uma iniciativa similar, o BrazilianFootwear.com, site que realiza a conexão entre marcas e importadores de todo o mundo desde 2015.