Guerra implanta sistema da Gesplan para gerir ativos e passivos. Foto: flickr.com/photos/guerraweb

A Guerra, fabricante de implementos rodoviários com sede em Caxias do Sul, adotou o módulo Financing do sistema da joinvilense Gesplan para gerir seus ativos e passivos.

A implantação, que está em andamento, vai permitir que a empresa faça a consolidação de todas as operações de captação e de aplicação, além de integrar a contabilização mensal ao EBS da Oracle.

O sistema possibilita, ainda, a projeção de operações e análise de custos e rendimentos, por banco e por operação, além de permitir a parametrização de relatórios pelos usuários.

Com unidades em Caxias e Farroupilha, a Guerra exporta para 16 países, além de contar com 39 distribuidores nomeados em todas as regiões do Brasil.

No ano passado a companhia assinou um protocolo de cooperação com o Badesul, no valor de R$ 86 milhões, para investimento em cinco projetos de ampliação e modernização de suas fábricas na Serra Gaúcha, prevendo incremento de mais 20% na produção de todas as suas linhas de produtos.

O cliente é um dos que engorda a carteira da Gesplan no Rio Grande do Sul, onde a empresa de Joinville que também tem unidade em São Paulo atende a nomes como Lojas Renner, Unisinos, Mundial, FG, Vonpar, Stemac, Fitesa, Herval, Killing e Sulmaq.

Em todo o país, são mais de 500 clientes da companhia, que desenvolve sistemas de projeção econômico-financeira e de gestão de tesouraria, acompanhamento de fluxo de caixa controle de operações financeiras.