Tiago Ritter (CEO da W3haus), Leo Prestes (Diretor de Criação da W3haus) e Chris Buettner (Diretor Executivo da SoDA).

A W3haus é a segunda agência brasileira a integrar a Society of Digital Agencies (SoDA),  organização sem fins lucrativos que reúne 60 agências digitais no mundo.

Até agora, a única brasileira no grupo era a carioca Huge. Na América do Sul como um todo, só participam da entidade mais duas agências, uma na Colômbia e outra no Uruguai.

A SoDA desempenha em nível internacional uma atuação semelhante à da brasileira Abradi, promovendo o setor por meio de melhores práticas e educação.

[Alessandro Cauduro, CIO e um dos donos da W3Haus, é hoje presidente do capítulo gaúcho da entidade, a Abradi-RS].

“Nós fomos idealizadores do movimento associativista digital no Brasil. Essa troca de experiências entre o mercado está no nosso DNA. Agora teremos a oportunidade de compartilhar nosso conhecimento e buscar mais aprendizados com as principais agências digitais do mundo”, afirma  Tiago Ritter, CEO e sócio-fundador da W3haus.

De acordo com Ritter, apenas uma entre cada 10 candidatas completa o processo seletivo para entrar na SoDA, que envolve uma votação das companhias que já são integrantes.

Sediada em Porto Alegre, a W3Haus é considerada a maior agência digital independente do país, depois que os principais players do mercado foram adquiridos por conglomerados internacionais.

O ano passado foi de crescimento para a W3haus. A empresa aumentou o faturamento em 72% - a agência não revela números – abriu um novo escritório em São Paulo e fechou contratos com clientes como O Boticário, Grupo Dass (Fila e Tryon) e Gafisa.

Além disso, os sócios da companhia criaram um holding batizada de Non Conformity dentro da qual estão a W3haus e a recém-lançada produtora de tecnologia Huia.

Em 2013, a Non Conformity projeta crescimento de 50% a 60% e o lançamento de outras três empresas.

Com 150 funcionários e mais de 300 projetos entregues no ano passado, a W3haus é uma das últimos grandes players do mercado digital brasileiro com capital 100% nacional.