Novo espaço de inovação no HC salas compartilhadas, salas privativas, auditório e sala de design. Foto: Divulgação.

Em setembro, o Hospital das Clínicas (HC), maior complexo hospitalar da América Latina, terá um espaço voltado à inovação e transformação na área de saúde. O Distrito InovaHC será um ambiente de coworking e empreendedorismo focado em startups da área de saúde.

A Distrito, organização voltada para inovação aberta, é a idealizadora do espaço, que responde a um chamamento público lançado pelo hospital para a implementação e gestão de seu centro de inovação, vinculado à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

O Distrito InovaHC deve reunir startups, corporações, investidores e universidades com o objetivo de criar, testar e escalar tecnologias e soluções de saúde.

Com um investimento que deve ultrapassar a marca de R$ 2,5 milhões, o hub está em processo de reforma e terá espaço para 150 residentes - cerca de 20 startups. 

O espaço terá salas compartilhadas, salas privativas, auditório e sala de design, além de dois laboratórios, um de Telemedicina e outro de Hospital 4.0 – ambiente que recria situações de um hospital para o teste de tecnologias como inteligência artificial, internet das coisas e impressão 3D.

"Temos espalhadas pelo Brasil mais de 300 startups focadas em saúde, ao mesmo tempo que grandes empresas, como farmacêuticas, laboratórios, fabricantes de equipamentos médicos, clínicas e hospitais estão passando a adotar cada vez mais a tecnologia para oferecerem melhores produtos e serviços aos pacientes. Com o Distrito InovaHC, queremos atrair as melhores cabeças, tecnologias e produtos voltados para essa área”, afirma Gustavo Araújo, cofundador do Distrito.

As tecnologias e soluções desenvolvidas pelas startups e grandes empresas no Distrito InovaHC poderão ser absorvidas pelo Hospital das Clínicas, atualmente o maior complexo hospitalar da América Latina, com a possibilidade, ainda, de escala para outras instituições das redes pública e privada.

“Como a maior instituição de saúde da América Latina, temos a capacidade de desenvolver soluções de impacto abrangente em todos os níveis de atenção. Já somos um ecossistema que integra a Universidade, Indústria e Sociedade, que será potencializado com esta parceria. O Distrito InovaHC será um espaço de colaboração, que permeará todas as estruturas do complexo hospitalar”, afirma Marco Bego, diretor de Inovação do HC.

O centro terá entre seus mantenedores as empresas AstraZeneca e Alliar Médicos, além de KPMG, Cremer, Grupo Mafra e Abbott. O centro de inovação ocupará uma área de 900 metros quadrados, distribuídos em dois pavimentos do próprio complexo hospitalar.

As startups interessadas poderão requerer residência pelo site do Distrito InovaHC.