Palestrante durante a última edição do Gramado Summit.

O  Gramado Summit, evento de startups e inovação programado para acontecer em setembro em Gramado, na serra gaúcha, foi transferido para os dias 10, 11 e 12 de março de 2021.

O evento, que já ia para quinta edição e vinha se consolidando no calendário nacional da área, é mais uma vítima do coronavírus. 

A pandemia tornou encontros presenciais de grande porte uma espécie em extinção no país. O Gramado Summit previa receber 8 mil visitantes, o dobro da edição de 2018, além de 200 expositores, novamente o dobro.

A organização já havia optado por transferir a data original de agosto para setembro e agora, depois de uma pesquisa com participantes, optou por deixar para 2021.

O impacto econômico estimado é de R$ 12 milhões para a região.

“Com a proliferação do covid-19, conversamos com nossos clientes e parceiros, e achamos prudente fazer a mesma Gramado Summit, com ainda mais impacto, mas em uma nova data”, explica o CEO do evento, Marcus Rossi. 

A essa altura do campeonato, é mais fácil falar dos grandes eventos que ainda estão com a data marcada do que dos que foram cancelados, que são a imensa maioria.

A grande exceção é a Futurecom, confirmou no dia 11 de maio que o evento do setor de telecomunicações, com um público estimado em 30 mil pessoas, deve mesmo acontecer entre os dias 26 e 29 de outubro em São Paulo.