Site oferece recomendações de restaurantes, lojas e outros. Foto: flickr.com/photos/yelp/

O site de avaliações Yelp iniciou suas operações no Brasil nessa semana.

O Brasil é o 23º país a receber o serviço, que conta com 108 milhões de visitantes mensais.

De início, o foco da empresa será no Rio de janeiro e São Paulo, e concorrerá com sites como o Apontador, Kekanto e Foursquare.

Apps para iOS e Android também se encontram disponíveis para download. Para empresas, a Yelp disponibiliza uma área separada.

Em entrevista ao Valor Econômico, Rafael Siqueira, diretor de tecnologia do Apontador, crê que ainda demorará para que o Yelp chegue ao sucesso que tem nos Estados Unidos, dado ao fato que o brasileiro não tem costume de criar recomendações de locais.

 "Eles terão que trabalhar para criar essa cultura, que é mais comum nos EUA", completa Siqueira.

Apesar disso, a Yelp já conta com várias avaliações. No momento há 1938 avaliações em restaurantes, 1247 avaliações em locais de compra e 543 bares.

Em 2012, a Yelp atingiu uma receita de US$ 137 milhões, aumento de 65% em relação a 2011. Apesar de estar em 23 países, essa receita total veio de sete.

O motivo para isso é a demora de alguns anos para tornar o serviço no país rentável, já que sua renda principal são propagandas.