O governo de SP firmou uma parceria com o Fórum Econômico Mundial (WEF) voltado para indústria 4.0. Foto: Governo do Estado de São Paulo.

O governo de São Paulo firmou uma parceria com o Fórum Econômico Mundial (WEF) para criar o Centro para a 4ª Revolução Industrial no Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).

“A 4ª Revolução Industrial é um tema que atende muitíssimo bem às expectativas do governo brasileiro e plenamente às expectativas do Governo do Estado de São Paulo”, ressalta João Doria, governador de São Paulo.

A criação da unidade do país será destaque no encontro anual do Fórum Econômico Mundial, em Davos, em janeiro de 2020. A inauguração do espaço será durante o Fórum Econômico Mundial para a América Latina, em maio de 2020.

Com a medida, o Brasil se insere na rede dedicada à governança global de tecnologia, junto com China, Japão, Índia, Colômbia, Israel e Emirados Árabes.

“O Centro irá traçar e pilotar políticas inovadoras. Como parte da rede global do Fórum, as equipes irão trocar conhecimento e escalar os aprendizados globalmente” acrescenta Marisol Argueta de Barillas, diretora para a América Latina e membro do Conselho de Administração do Fórum Econômico Mundial.

O IPT é um instituto de pesquisa vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo que conta com 35 laboratórios capacitados atuando em quatro grandes áreas – inovação, pesquisa & desenvolvimento; serviços tecnológicos; desenvolvimento & apoio metrológico e informação & educação em tecnologia.

Recentemente, o IPT o seu campus para que empresas privadas possam trabalhar em conjunto com startups, clientes, fornecedores, pesquisadores, investidores e órgãos governamentais.