Carlos Gazaffi, vice-presidente de Gestão de Tecnologia da Tivit. Foto: Divulgação.

A Mitsui Sumitomo Seguros, pertencente ao grupo MS&AD, firmou um acordo com a Tivit para serviços de infraestrutura. A empresa contratou soluções de cloud computing, segurança da informação, governança e automatização de processos.

“Nós escolhemos a Tivit pois tínhamos a necessidade de contar com um parceiro que garantisse a estabilidade do ambiente de TI, nos desse segurança, escalabilidade e que possuísse expertise no mercado seguros”, afirma Giuliano Borro, diretor de Tecnologia e Operações da Mitsui Sumitomo Seguros.

A operação brasileira da Mitsui Sumitomo Seguros segue os padrões mundiais de governança do Grupo MS&AD. 

O processo de transição do ambiente de TI ocorreu em duas fases. Na primeira, a Tivit assumiu a gestão da infraestrutura de tecnologia da seguradora, que possuía um modelo de gestão terceirizada.

Na segunda fase, o ambiente de missão crítica passou a contar com Disaster Recovery para todas as aplicações. Também foram implantadas ações proativas de sustentação para o plano de crescimento do ambiente de TI e criados indicadores de performance que dão maior visibilidade sobre a governança. 

Além disso, a seguradora também contratou, em uma terceira localidade, posições de trabalho para casos de desastre com o prédio da matriz, dando continuidade de forma contingencial às atividades das áreas vitais da companhia.

“Ao entender a criticidade e as peculiaridades do mercado de seguros, implementamos uma solução que possibilitasse um avanço na infraestrutura tecnológica e também um processo de melhoria contínua da operação. Assim, os ganhos em governança e em escalabilidade já estão gerando resultados e melhorando a satisfação”, ressalta Carlos Gazaffi, vice-presidente de Gestão de Tecnologia da Tivit.

Os recursos de cloud computing permitem à Mitsui Sumitomo Seguros escalar e flexibilizar a disponibilidade de seus recursos para campanhas específicas, proporcionando uma utilização sob demanda de sua capacidade computacional.

Outro ganho foi na agilidade das cotações já percebida pelos corretores. Na prática, é possível gerar cotações de forma mais rápida e com um maior volume. 

“Os corretores já estão percebendo a evolução do nosso ambiente de TI, que está impactando positivamente sua rotina de trabalho”, finaliza Giuliano Borro, diretor de Tecnologia e Operações da Mitsui Sumitomo Seguros.

A Tivit, empresa brasileira de serviços e TI com atuação na América Latina, anunciou para 2016 um investimento de R$ 46 milhões na ampliação de sua oferta de computação em nuvem.

Além de investir na construção de nuvens locais, o aporte foca na ampliação da oferta com a adoção de um modelo multicloud que oferecerá aos clientes uma solução híbrida, combinando ambientes tradicionais, nuvens privadas e também nuvens públicas de outras empresas.

A companhia estima para 2016 uma receita superior a R$ 300 milhões em cloud. Em 2014, a empresa teve uma receita total de R$ 2 bilhões.