Sócios da SumOne. Foto: Divulgação.

A SumOne, responsável pelo aplicativo Bonuz, atraiu o interesse dos fundos CVentures Primus e CRP Empreendedor, que realizaram um aporte de R$ 3 milhões na companhia.

Com mais de 350 mil usuários ativos, o Bonuz é um programa de fidelidade para o food service no Brasil. O app tem 1,5 mil clientes, incluindo a rede Subway.

“Uma vez que encontramos um mercado ávido por soluções como as que oferecemos, o investimento será crucial para nos ajudar na aceleração dos nossos departamento de vendas, marketing e customer success, já mirando nas nossas metas de 2017”, comenta Lucas Prim, cofundador e CEO da SumOne. A empresa espera alcançar 7 mil pontos de venda até 2018. 

O fundo CVentures Primus, iniciativa da Fundação Certi, já investiu em startups de tecnologia como a Umov.me, plataforma de desenvolvimento de aplicativos móveis; a Exact Sales, software para redução do tempo e das despesas com negociações para vendas complexas; e a Asaas, fintech para micro e pequenos empreendedores.

Segundo o analista de investimentos da CVentures, Adonay Freitas, o crescimento do mercado de fidelidade e franquias é uma aposta do fundo. 

“’Acreditamos muito no projeto da SumOne. Possuem empreendedores muito diferenciados, uma tecnologia robusta, e uma base de usuários e restaurantes relativamente relevante. A empresa oferece produtos e serviços com proposta de valor bem atrativas, tanto aos usuários quanto aos restaurantes”, detalha.

A proposta do aplicativo é levar a tecnologia e a experiência do consumidor para o varejo físico. Com o Bonuz, o cliente pode obter ofertas das redes de restaurantes que frequenta, e em troca, disponibiliza informações sobre o seu consumo para as marcas. 

Presente em todos os estados brasileiros, a SumOne tem como clientes, além da Subway e da Pizza Hut, no Rio de Janeiro, outras redes nacionais, como Spoleto, Giraffas, Megamatte e Koni. 

Os fundadores do Bonuz têm experiência no varejo online e físico. Marvio Alencar, co-fundador, atuou em empresas como Souza Cruz e Coca-Cola, nas áreas ligadas ao trade marketing, varejo físico e marketing de marcas.

Já os sócios Lucas Prim, Carlos Eduardo Souza e Paulo Hashimoto, fundadores do Kimitachi/Gokoni, agregam o conhecimento de negócios digitais, técnico e tecnológico da experiência do usuário à iniciativa.