A Volvo investiu na Upstream Security para proteger veículos conectados. Foto: Divulgação.

O Volvo Group Venture Capital, braço de investimentos da fabricante de veículos, realizou um aporte na Upstream Security, empresa israelense de segurança cibernética. O investimento financiará o desenvolvimento de sistemas para proteger veículos conectados após a introdução de tecnologias baseadas em dados.

A Upstream Security tem sede em Tel Aviv e fornece soluções de segurança cibernética projetadas especificamente para proteger veículos conectados contra ameaças cibernéticas ou uso indevido.

O investimento é resultado direto da parceria do Grupo Volvo com o DRIVE, centro de inovação que se concentra em startups inovadoras no setor de mobilidade israelense.

"A Upstream Security tem uma oferta e capacidade promissoras para oferecer suporte com soluções de segurança cibernética para atender aos nossos requisitos futuros", diz Anna Westerberg, CEO em exercício da Volvo Group Venture Capital e vice-presidente sênior da Volvo Group Connected Solutions.

Com o movimento, a empresa se prepara para o provável crescimento substancial do mercado de soluções de segurança cibernética para veículos conectados nos próximos anos.

“Nossa missão é proteger todos os veículos conectados e serviços de mobilidade inteligentes do planeta. Esse financiamento é perfeitamente planejado para atender à crescente demanda por nossa plataforma baseada em nuvem e orientada a dados, fornecendo a nossos clientes os recursos necessários para realizar essa tarefa de vital importância”, diz Yoav Levy, cofundador e CEO da Upstream Security.

Nesta semana, outra empresa de veículos divulgou um investimento que mostra a tendência do segmento de apostar em soluções de tecnologia. 

A Honda R&D, subsidiária de pesquisa e desenvolvimento da Honda, adquiriu todas as ações em circulação da Drivemode, empresa de aplicativos da Califórnia. O objetivo do negócio é fortalecer o segmento de produtos digitais e mobilidade conectada.